diceware Segurança

Tem 11 anos e abriu um negócio de passwords seguras


Chama-se Mira Modi, tem 11 anos, e a sua brincadeira preferida não são as bonecas. Mira gosta de fazer palavras passes seguras e levou o seu passatempo a uma dimensão superior, tendo-o tornado em negócio. Esta nova-iorquina pôs o seu talento ao serviço da comunidade e vender palavras-passe seguras a dois dólares cada uma. Começou com o negócio há pouco tempo mas tem-se saído bem. É que as passwords que cria são em simultâneo criptografadas e facilmente memorizáveis.

Chama-se DiceWARE o site através do qual Mira Modi vende as palavras-passe que cria a dois dólares. Mira sempre teve uma inclinação para este tipo de divertimento e agora decidiu que podia contribuir para a melhoria da segurança informática dos utilizadores. O que Mira vende não são. à letra, palavras, mas frases-chave facilmente memoráveis.

“Comprar uma palavra-passe pode parecer loucura. Mas tentar criar as nossas próprias passwords por ser ainda mais louco. Vamos lá, admita! As suas palavra-passe podem ser melhores. Em vez de 12345 ou password, a sua palavra-passe pode ser mais longa, mas forte e mais… única”.

É desta forma que no seu site, Mira Modi explica o seu negócio. Todos nós sabemos como é difícil gerir os códigos secretos que colocamos nos cada vez mais serviços online que utilizamos. Muitos – a maioria – acaba por recorrer a apenas uma ou duas que têm a ver com a nossa vida e por isso são facilmente memorizáveis. Mas que também têm um perigo: são as que os cibercriminosos mais facilmente conseguem descobrir. É por isso que uma frase é mais segura e esse é o negócio de Mira.

A jovem nova-iorquina utiliza a técnica Diceware para a criação das senhas que vende no seu site. Este é um método criado por Arnold G. Reinhold, um inventor norte-americano, que usa complexos algoritmos mas é de fácil utilização. Mas para o qual é preciso ter paciência e isso é o que não parece faltar a Mira. Para utilizar o Diceware só precisa de um dado e do dicionário próprio do método. “Você rola um dado 5 vezes e anota cada número. Então procura o número de cinco dígitos resultante no dicionário Diceware, que contém uma lista numerada de palavras curtas”, explica a jovem.

diceware, passwordÉ claro que cada um de nós pode utilizar este método, mas é cansativo. “Eu comecei este negócio porque minha mãe era demasiado preguiçosa para rolar os dados tantas vezes. Ela pagou-me para o fazer e criar senhas para ela. Então eu percebi que outras pessoas também o podiam querer”.

Mira Modi tem o cuidado de criar frases que sejam facilmente memoráveis. Depois de ter recebido uma encomenda mete-se ao trabalho, encontra a frase segura e envia-a para o cliente por carta fechada “que só pode ser aberta com mandato judicial”. Mas faz uma recomendação: quem lhe comprar uma frase segura deverá depois alterá-la ligeiramente, colocando um ou dois símbolos ou números.

Este tipo de frases-chave são extremamente seguras e é o método utilizado, por exemplo, pela Apple no seu FileVault. É claro que existem outros métodos para criar palavras-passe seguras, mas raramente os resultados são tão fáceis de memorizar como estas frases-chave.

Mira Modi tem 11 anos apenas, recordemos, e é filha de uma jornalista especializada em questões de segurança online e privacidade.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *