Garmin Negócios

Garmin anuncia resultados do terceiro trimestre de 2015 e revê estimativas


A Garmin, líder mundial em soluções de navegação por satélite*, anunciou os seus resultados operacionais referentes ao terceiro trimestre de 2015. As receitas somaram 680 milhões de dólares, com as áreas de negócio de fitness, outdoor, aviação e marítima a representarem 61% deste total. As margens bruta e operacional fixaram-se nos 53% e 18,5%, respetivamente. O valor do dólar norte-americano teve um impacto negativo na receita de aproximadamente 52 milhões de dólares, ou 7%, no trimestre em análise. A empresa sublinhou ainda que neste período foram distribuídas aproximadamente 3,9 milhões de unidades, valor que traduz um aumento de 4% face ao mesmo trimestre do ano anterior.

A Garmin deu a conhecer alguns dos produtos que serão lançados nos últimos meses do ano, com destaque para o lançamento de novos equipamentos de fitness que integram uma tecnologia que mede a frequência cardíaca no pulso, e para a criação de uma nova categoria de produtos.

“O aumento das receitas tem sido dificultado pelo contexto económico a nível mundial, e a agressiva concorrência de mercado tem penalizado a margem bruta. Ainda assim, a Garmin vai manter o seu investimento na área da Investigação e Desenvolvimento, o plano estratégico de negócios traçado e o seu compromisso de desenvolvimento de novos produtos que possam abrir as portas de novos mercados e novas oportunidades de negócio.”, disse Vanessa Garrido, Diretora de Marketing da Garmin Ibéria.

Fitness:
O segmento de fitness registou um aumento da receita de 23% no trimestre. A aceleração sequencial do crescimento reflete a força da oferta de produtos de bem-estar, multisporto e ciclismo. A margem bruta caiu para os 54% neste período, enquanto a margem operacional recuou para os 19%. A Garmin continua a ver estes investimentos como apropriados, dada a grande oportunidade que existe nos mercados globais de fitness e bem-estar. A companhia lançou recentemente uma nova gama de produtos Forerunner®, onde estão incluídos os modelos 230, 235 e 630. O Forerunner 235 é o primeiro produto da Garmin a integrar a tecnologia de medicação de frequência cardíaca Garmin ElevateTM, que controla o ritmo cardíaco diretamente no pulso. O Forerunner 630 surge integrado na família de relógios de corrida avançados, mas oferece novas métricas de corrida e medidas fisiológicas. Os novos equipamentos são compatíveis com a plataforma de relógios inteligentes da Garmin – Connect IQ™. O ultimo trimestre deste ano deverá ainda assistir ao lançamento do vívosmart® HR, que permite a medição da frequência cardíaca no pulso através do Garmin Elevate. Para suportar estes e outros produtos, a Garmin lançou recentemente uma atualização para o Garmin Connect Mobile.

Outdoor:
O segmento de outdoor revelou uma queda da receita de 5% no trimestre, devido à entrada em mercados com moedas mais fracas. As margens bruta e operacional dentro deste segmento mantiveram-se consistentes com os valores registados o ano passado – nos 59% e 33%, respetivamente. Numa análise anual, os movimentos cambiais negativos, o estabelecimento de preços e o mix de categorias pressionaram negativamente a margem bruta. Além disto, a Garmin continua a investir na área de Investigação & Desenvolvimento para expandir o seu portefólio de produtos.

Aviação:
O segmento de aviação apresentou uma queda da receita de 5% no terceiro trimestre de 2015, devido ao abrandamento do mercado global da aviação verificado ao longo do ano. A margem bruta continua forte no 74%, enquanto a margem operacional registou uma diminuição anual, fixando-se nos 25% devido ao crescimento do setor de Investigação & Desenvolvimento que visa apoiar futuras oportunidades de receita. Tal como foi indicado no último trimestre, a indústria global da aviação está a atravessar um período difícil devido à volatilidade dos mercados globais. No primeiro semestre deste ano, a Garmin conseguiu registar um aumento das receitas, pelo facto de esta tendência negativa do setor ter sido compensada por ganhos em termos de quota de mercado.

Marítimo:
O segmento marítimo registou uma estagnação das receitas no trimestre em análise. A margem bruta aumentou, em termos anuais, para 55% com a deslocação do foco para novos produtos com margens mais altas. A margem operacional foi de 9% no trimestre, valor consistente com aquele registado no ano anterior. A Garmin foi recentemente distinguida com o prémio de Fabricante do Ano atribuído pela NMEA (National Marine Electronics Associations). Além deste reconhecimento por parte da NMEA, a Garmin conquistou ainda quatro prémios atribuídos a categorias de produto específicas: equipamentos de piloto automático, MFD (ecrã multifunções) e aplicações para smartphones.

Automóvel:
O segmento automóvel registou uma diminuição da receita de 14% no terceiro trimestre, com as vendas dos dispositivos de navegação portáteis (PND) a manterem uma tendência continuada de queda. Destaque ainda para a queda esperada da contribuição de amortização de receita anteriormente diferida. As margens bruta e operacional no trimestre em análise fixaram-se nos 43% e 12%, respetivamente, percentagens inferiores àquelas registadas o ano passado.

Expetativas para 2015:
Tal como foi anteriormente anunciado, a companhia prevê agora uma receita de aproximadamente 2,8 mil milhões de dólares para 2015, um valor abaixo dos 2,9 mil milhões de euros inicialmente previstos. Estima ainda um crescimento anual de aproximadamente 15% no segmento de fitness. A empresa reconhece porém que o forte crescimento registado no último trimestre de 2014 dificilmente conseguirá repetir-se este ano.

A margem bruta total da companhia deverá ser de aproximadamente 53,5%. Tendo em conta a revisão feita em termos de estimativa de receitas e de margens, a Garmin espera uma margem operacional de cerca de 18,5%. A taxa fiscal de 2015 deverá aumentar para 21,5% devido ao mix desfavorável de lucros que têm por base jurisdição fiscal. Neste contexto, a Garmin estima agora um EPS diluído pro forma de aproximadamente 2,25 dólares para 2015.

* Fonte: 2011 NPD, GFK e dados Garmin

Via: Comunicado de imprensa Garmin


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *