Carlos Amaral-Priberam Notícias

Priberam participa em encontro sobre o potencial económico do Português e do Espanhol no mundo


A Priberam foi um dos participantes do encontro “Português e Espanhol: O potencial económico de duas línguas no mundo”, realizado no passado dia 19 de em Badajoz.

A Priberam foi convidada pela Junta de Extremadura a participar neste evento, realizado no âmbito da Feria Hispano Portuguesa, para contribuir para a análise “das possibilidades que oferecem estas duas línguas na hora de procurar áreas de influência e, além disso, gerar novas forma de negócio e empreendedorismo”.

Carlos Amaral, CEO da Priberam, participou na mesa redonda Novos Modelos de Negócio para o Espanhol e o Português, onde salientou que o Português e o Espanhol criam um “triângulo estratégico” único, através da América Latina, da Europa e da África.

A importância deste triângulo estratégico é demonstrada pelo facto de que une hoje cerca de um terço da população ativa mundial, cobre áreas responsáveis por mais de um quarto das reservas mundiais de petróleo e mais de metade da terra arável não explorada do planeta.

FLiP-10Mas mesmo só considerada a língua, o Português e o Espanhol, quando encarados no seu conjunto, são o segundo idioma mais falado do mundo, logo a seguir ao Mandarim – mas com a vantagem de que os seus falantes não estão concentrados num só país, antes podem ser encontrados em várias regiões distribuídas por todos os continentes.

Neste contexto, Carlos Amaral apresentou o FLiP 10 como um produto unificador e agregador da língua Portuguesa, uma vez que inclui ferramentas de revisão para o Português falado em Portugal mas também em Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Mais informações em www.priberam.pt e em www.feriabadajoz.net


1 comentário em Priberam participa em encontro sobre o potencial económico do Português e do Espanhol no mundo

  1. Roberto Moreno, desde 1-1-1992, defende a tese que o português e espanhol devem se unir, pois possuem o maior potencial sociocultural e económico do mundo ! – Por exemplo, esteve presente (não como convidado) no “Fórum Economia das Línguas Portuguesa e Espanhola”, em 2011 – promovido pelo Instituto Camões e Instituto Cervantes, em Lisboa. – Moreno, defendeu para o futuro, um novo Fórum, porem, para os 30 países Iberófonos. – Debater a importância das línguas na internacionalização das economias, quer ao nível do comércio externo quer ao nível das iniciativas empresariais, e analisar como, em conjunto, estas podem aumentar perspectivas de negócios, são, segundo o presidente da Fundação Geolíngua, temas a debater, pois, desde 1992, o Prof. Moreno, alimenta o Instituto Camões com informações em texto, áudio e vídeo, sobre a importância deste tema, ao nível Iberófono – O Instituto Cervantes apoia, desde 1996, as ideias e obras de Roberto Moreno. – A FLAD, também conhece suas ideias, a largos anos.
    Entretanto, visto que o Instituto Camões – ignora e boicota o projeto Geolíngua de Roberto Moreno, desde 1992, a RTP entrevistou-o em 2011, logo após a sua comunicação à boleia do Prof. Adriano Moreira, palestrante oficial deste Fórum – Cá está a entrevista – http://www.youtube.com/watch?v=QHfCv7mMgn8&feature=relmfu

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *