Notícias

Microsoft afirma que novos processadores só rodarão Windows 10


A adoção de um novo sistema operacional/operativo costuma enfrentar certa resistência por parte dos consumidores, seja pela ausência de total compatibilidade com os programas atuais, ou mesmo por preguiça ou comodismo em instalar o novo sistema, e isso não é diferente com o Windows 10 da Microsoft, que apesar de boa aceitação, ainda divide espaço com máquinas rodando versões anteriores.

Para resolver este problema, ou ao menos parte dele, a Microsoft pode estar trabalhando em conjunto com grandes empresas como a Qualcomm, Intel e AMD para que a próxima geração de processadores não aceite a instalação de versões anteriores ao Windows 10, assim o usuário seria “obrigado” a usar o novo sistema, em a opção de um downgrade. A medida já pode até mesmo ser aplicada para alguns processadores da linha Skylake da Intel.

A mudança visa atingir principalmente o mercado corporativo, e mesmo com a obrigatoriedade do Windows 10 para alguns processadores Skylake, a Intel e a Microsoft garantiram a compatibilidade até 2017, para que empresas que demorem mais para realizarem a atualização não sejam prejudicadas. A restrição também atenderá ao mercado de hardware, que ficará praticamente desobrigado de fabricar componentes compatíveis com várias versões diferentes do Windows, podendo focar somente no Windows 10.

Isso também não quer dizer que máquinas rodando o Windows 8 ou 8.1 deixarão de ter suporte, pois atualizações de segurança ainda devem ser mantidas por um longo tempo.

Via Microsoft Blog

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *