Mobile

MWC 2016: BQ apresenta Aquaris X5 Plus e M10 Ubuntu Edition


No primeiro dia do Mobile World Conference 2016, a BQ apresenta o seu mais recente smartphone, o Aquaris X5 Plus, desenhado e desenvolvido na Europa. O Aquaris X5 Plus apresenta-se com um salto qualitativo face ao Aquaris X5. Este último modelo inclui um processador Qualcomm Snapdragon 652 Octa Core com configuração dual-channel Pop e uma GPU Qualcomm AdrenoTM.

Nesta arquitetura, o chip de memória está colocado sobre o próprio processador, de modo a conseguir uma otimização de espaço significativa e permitir que o CPU e o GPU possam aceder à RAM de forma simultânea. Esta disposição, permite aumentar a velocidade e o rendimento do sistema. Para além disso, inclui tecnologia big.LITTLE, que permite alternar a utilização dos núcleos do processador em função das necessidades de carga nas diversas funções.

aquaris_x5_bq

“Estamos muito satisfeitos por continuar a colaborar com a BQ no projeto Aquaris X5 Plus, disponibilizando o nosso processador Qualcomm® Snapdragon™ 652 com modém X8 LTE para o Aquaris X5 Plus. Os smartphones executam funções cada vez mais exigentes e, como consequência, os utilizadores estão cada vez mais conscientes daquilo que torna o seu dispositivo mais potente”, afirma Enrico Salvatori, MVP e presidente de Qualcomm Europe/ MEA. “O processador Snapdragon 652 oferece inovadoras prestações, como uma conectividade ultrarrápida, uma elevada performance, uma maior autonomia e uma tecnologia multimedia (que inclui câmara,áudio, gravação de vídeo e captura de imagens 4k, assim como uma experiência de jogo, comparável à de uma consola de vídeo-jogos, para os utilizadores mais exigentes)”.

O novo dispositivo BQ é o primeiro da empresa a incluir um leitor de impressão digital, que fornecerá ao dispositivo novas capacidades em termos de segurança, identificação de utilizador ou autenticação biométrica em processos de pagamento. O Aquaris X5 Plus inclui uma bateria LiPo de 3100 mAh que oferece uma das melhores relações dimensão-bateria disponíveis no mercado. Um rigoroso design mecânico e uma precisa seleção de componentes contribuíram para a otimização do consumo energético.

Graças à tecnologia LTPS (Low Temperature Poly-Silicon), o seu ecrã Full HD (1080 x 1920) de 5 polegadas oferece uma alta resolução com um consumo de energia reduzido. O ecrã inclui proteção Dinorex TM e tecnologia Quantum Color + que permite uma ampla gama de cores NTSC, oferecendo um alcance dinâmico mais alargado.
Em relação à conectividade, o Aquaris X5 Plus conta com 4G+ e Wi-Fi 5 GHz (802.11ac), para além de NFC e GPS + GLONASS.

Com o Aquaris X5 Plus, a BQ continua a apostar num som de alta definição – inclui um codec de áudio externo, melhorias nos microfones e a solução Smart PA, que otimiza a resposta do altifalante em função do conteúdo a reproduzir.

Outro dos principais avanços relaciona-se com a câmara traseira, de 16 MP, com sensor Sony IMX298. Conta com tecnologia de focagem por deteção de fase, PDAF, tornando o autofoco mais rápido e preciso. Permite gravar vídeos em 4K e inclui Dual Tone Flash, que torna os tons mais naturais. A sua câmara frontal, de 8 MP, inclui um sensor Sony IMX219. A BQ redesenhou ainda a aplicação de câmara para melhorar as suas funcionalidades.

O Aquaris X5 Plus, que chegará com Android 6 Marshmallow, estará disponível em três cores (Black Anthracite Grey, White Silver, White Rose Gold).

Aquaris M10 Ubunto Edition

A BQ também apresentou o seu mais recente tablet, o Aquaris M10 Ubuntu Edition, o primeiro dispositivo que oferece uma experiência convergente entre Ubuntu e o PC e também o primeiro tablet do mundo com este sistema operativo.

Este dispositivo, desenhado e desenvolvido na Europa, reforça o compromisso da empresa com a diversidade, tanto em termos de hardware como de software e consolida a sua colaboração com a Canonical, a empresa responsável pelo Ubuntu.

Aquaris M10 Ubuntu Edition_frontal

 

A convergência faz deste dispositivo a ferramenta mais prática para trabalhar, já que combina a utilização de um dispositivo móvel com um ambiente PC. A opção multitarefa e a utilização de janelas permite usar, em simultâneo, documentos, aplicações e outras funcionalidades, favorecendo a produtividade. Igualmente, a interface do software adapta-se ao tamanho do ecrã, um fator de diferenciação na experiência multidispositivo.

m10

Em relação ao hardware, o Aquaris M10 Ubuntu Edition conta com um ecrã capacitivo Full HD de 10,1 polegadas multitátil em 10 pontos e uma bateria de 7280 mAh. Inclui um processador MediaTek Quad-core MT8163A até 1,5 GHz de frequência e um processador gráfico MeditaTek Mali-T720 MP2 até 600 MHz. É, sobretudo, um tablet leve e compacto, com 8,2 mm de espessura e 470 g de peso.

O Aquaris M10 Ubuntu Edition estará disponível em preto e será lançado durante o segundo trimestre do ano.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *