BIG smart cities: 4.ª edição da competição passa a ter amplitude nacional Notícias, Press Release

BIG smart cities: 4.ª edição da competição passa a ter amplitude nacional


Já estão abertas as candidaturas para a 4.ª edição da competição de empreendedorismo promovido pela Vodafone e pela Ericsson, o BIG smart cities. Até dia 4 de maio, todas as ideias de negócio de base tecnológica que melhorem o dia a dia de quem vive, trabalha ou visita uma cidade podem candidatar-se através do site www.bigsmartcities.com, habilitando-se assim a um prémio monetário de 10 mil euros, seis meses de incubação no Vodafone Power Lab e uma viagem para conhecer um polo de inovação da Ericsson na Europa.

Numa altura em que as cidades modernas enfrentam cada vez mais desafios – sejam eles de ordem demográfica, territorial ou climatérica, bem como de partilha e gestão de recursos naturais (hídricos, energéticos, aquecimento global) e humanos (envelhecimento da população, exclusão social) –, a tecnologia é um aliado fundamental para se transformarem as cidades em metrópoles cada vez mais inteligentes e que promovam a qualidade de vida dos seus habitantes, trabalhadores, empresários e visitantes.

Conscientes disso mesmo, a Vodafone e a Ericsson tornaram-se parceiros para a edição deste ano do BIG smart cities, reforçando assim a determinação das duas empresas em contribuir para o desenvolvimento de ideias tecnológicas que tornem os meios urbanos cada vez mais fomentadores de qualidade de vida e de sustentabilidade.

Com quatro áreas de oportunidade identificadas – Smart Mobility, Smart Living, Smart Tourism e Smart Government –, o concurso este ano apresenta várias novidades, sendo a mais relevante o facto de evoluir do formato local que o caracterizou até aqui, para passar a ter uma amplitude nacional. Assim, este ano, a iniciativa acontece no Porto, Coimbra, Évora e Lisboa, com cada uma das cidades a promover eventos locais, intitulados BIG city challenges: quatro competições, a decorrer durante o mês de abril, onde se avaliarão as propostas dos potenciais empreendedores inscritos e se elegerá um finalista por cidade. Além de ganharem acesso direto à final do concurso, os quatro projetos eleitos receberão um prémio de 500 euros.

Os empreendedores que não conseguirem marcar presença nos City Challenges do Porto (14 de abril), Évora (20 de abril), Coimbra (21 de abril) e Lisboa (28 de abril), mas submeterem as suas candidaturas online, serão avaliados à distância pelo júri e, posteriormente, através de entrevistas presenciais. No final do processo de seleção serão escolhidos 20 finalistas, a anunciar no dia 16 de maio, iniciando-se de seguida o programa de pré-aceleração de 9 semanas onde os finalistas irão receber formação, mentoring e apoio para transformarem as suas ideias em negócios viáveis. A final do BIG smart cities acontece no dia 5 de julho, onde vão ser apresentados publicamente os pitches dos projectos finalistas e onde serão revelados o projeto vencedor e quatro menções honrosas.

Além do incentivo de 10 mil euros para que consigam começar a tornar as suas ideias em realidade, a proposta tecnológica que apresente a melhor ideia de sustentabilidade citadina poderá desenvolver a sua ideia nas instalações da aceleradora Vodafone Power Lab, recebendo formação, coaching e sessões de mentoring e beneficiando, ainda, do ambiente de partilha de conhecimento, de experiências e de entreajuda entre startups que se vive na aceleradora. A par disso, terá a oportunidade de visitar um polo de inovação da Ericsson na Europa.

Nas edições anteriores foram premiadas as startups GuestU (2013), Inviita (2014) e Lisboa Horizontal (2015), entre outras, empresas que desenvolveram e evoluíram as suas ideias graças ao apoio do Vodafone Power Lab, que além de formação e mentoria, facilita ainda o networking entre empreendedores e possíveis investidores de forma a que as novas empresas consigam lançar com sucesso os seus negócios no mercado.

O BIG smart cities veio reforçar a longa aposta da Vodafone no suporte à inovação e ao empreendedorismo e é hoje uma das principais montras do Vodafone Power Lab, programa criado em 2009 e que já ajudou mais de 80 startups a nascer e contribuiu para a criação de mais de 50 empregos.

Na Sociedade em Rede, a Ericsson é o principal embaixador da ‘Tecnologia para o Bem’, incentivando a inovação para ajudar a dar resposta aos desafios da sustentabilidade. O BIG smart cities vem fomentar o desenvolvimento de ideias com base em Tecnologias de Informação e Comunicação que contribuem para uma melhor qualidade de vida urbana e um mundo mais sustentável.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *