medusa Ciência

Cientistas descobrem a mais bela medusa


Cientistas que estão a explorar a Fossa das Marianas descobriram a mais bela das medusas. O encontro deu-se a 3.700 metros de profundidade durante um mergulho a 4 de Abril integrado no projecto de exploração das águas profundas das Marianas.

A medusa foi identificada como sendo do género Crossota. De acordo com a descrição da NOAA – a agência norte-americana para a exploração dos oceanos – a medusa tem dois tamanhos de tentáculos diferentes. O movimento que se observa no início do vídeo, com os tentáculos longos totalmente estendidos e a campânula imóvel, sugere que a medusa está a preparar uma emboscada.

A expedição de exploração da zona mais profunda do Globo prolonga-se de 20 de abril a 16 de julho. Durante estes quase dois meses, os cientistas vão investigar e documentar os ambientes marinhos de grande profundidade a bordo do navio científico Okeanos Explorer.

O principal objetivo da missão é adquirir dados da zona mais profunda dos Oceanos que permitam ajudar a ciência. Em simultâneo, a expedição pretende compreender a diversidade e distribuição dos habitats de grande profundidade.

Pode seguir os desenvolvimentos da expedição aqui na página do projeto.