Criança de 10 anos encontra bug no Instagram e recebe 10.000 dólares Segurança

Criança de 10 anos encontra bug no Instagram e recebe 10.000 dólares


Um menino finlandês de 10 anos tornou-se o mais jovem de sempre a ser pago por ter descoberto um bug no código do Instagram. Com o dinheiro do prémio já pago pela Facebook, vai comprar uma bola de futebol e uma bicicleta.

O rapaz descobriu um erro no código do Instagram que permitia que qualquer pessoa apagasse comentários às fotos publicadas.”Eu fiz um teste para verificar se a secção de comentários do Instagram consegue lidar com código nocivo. Acontece que ele não é capaz. Verifiquei que posso excluir comentários de outras pessoas de lá “, disse o jovem hacker ao jornal finlandês Iltalehti, que descobriu a história. “Eu poderia ter excluído comentário de qualquer um – como o Justin Bieber por exemplo”.

O rapaz recebeu já o prémio de 10.000 dólares. Este prémio é instituído pelo Facebook e destina-se a pagar a todos quantos encontrem vulnerabilidades de segurança nos serviços detidos pela empresa. O programa bug bounty foi criado em 2011 e até ao momento já distribuiu 4,3 milhões de dólares por mais de 800 pessoas que descobriram problemas na estrutura de segurança.

Mas o caso deste jovem finlandês é único, uma vez que ele tem apenas 10 anos, uma idade em que Mark Zuckerberg não sonhava ainda com programação, uma vez que só a começou a estudar a partir dos 11 anos.

A criança da Finlândia manteve-se anónima, mas afirmou ao jornal Iltalehti interessou-se por código aos 8 anos e diz que o seu trabalho de sonho será na indústria da segurança informática. Os seus colegas de turma mostraram-se “espantados e surpreendidos” pelo feito do jovem e o seu pai, Marko, garantiu ter sido “uma total surpresa” que as competências do seu filho “fossem tão grandes nisto”.

É que para o seu pai, “a conversa fiada das redes sociais é tudo grego”.