Mars Base Camp Ciência

Lockheed Martin quer enviar humanos a Marte em 2028


A Lockheed Martin juntou-se à corrida para enviar astronautas até ao planeta vermelho. A sua meta é conseguir enviar astronautas a Marte até 2028. A missão chama-se Mars Base Camp. Faltam 12 anos.

À atenção da NASA e da Elon Musk, a Lokcheed Martin é mais um concorrente a querer ostentar o título de primeiro a conseguir pisar solo marciano. “O conceito é simples: transportar astronautas da Terra até um laboratório científico na órbita de Marte para que possam fazer experiências em tempo real e determinar o ideal local de aterragem”, que acontecerá por volta de 2030. Dito assim, parece coisa pouca, e é assim que a Lockheed Martin descreve a missão Mars Base Camp na sua página do Facebook.

A Lockheed Martin tem já uma grande experiência na exploração espacial. Construiu o módulo que fez aterrar em Marte o primeiro veículo construído pelo homem a explorar o planeta vermelho, o Mars Rover, e desde esse momento que faz parte de todas as missões da NASA a Marte. Mas não só. Desenvolveu, construiu e testou a Orion, a primeira cápsula espacial com suporte de vida, comunicações e navegação preparada para missões prolongadas.

 

A empresa norte-americana pretende utilizar uma propulsão elétrica movida a energia solar baseada na tecnologia já existente nos satélites e está já a trabalhar em habitats que permitam aos astronautas viver e trabalhar a caminho de Marte.

De acordo com a Lockheed Martin, alguns dos componentes do Mars Base Camp serão lançados previamente e colocados na órbita de Marte, enquanto outros componentes serão postos a orbitar a Lua, onde serão reunidos para empreender a viagem até ao planeta vermelho. Seis astronautas serão enviados na Orion primeiro ao encontro do material perto da Lua e depois a caminho de Marte.

Para conseguir cumprir o prazo a que se propôs, a Lockheed Martin precisa de conseguir a certificação da Orion como nave espacial para a Lua dentro de dois anos e em 2021 começará a criar o entreposto em órbita lunar. Em 2026 será a vez da partida do restante material para Marte.

O próximo grande passo da aventura espacial é já amanhã. E na corrida estão a Lockheed Martin, a NASA – que tem um plano de três etapas –  e a SpaceX de Elon Musk.

Via Digital Trends


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *