Max Verstappen vence GP F1 Espanha Notícias

Max Verstappen vence Grande Prémio de Espanha: toda a história do holandês voador


Max Verstappen venceu o Grande Prémio de Espanha de Fórmula 1 e tornou-se o mais jovem piloto de sempre a ganhar uma prova do campeonato, aos 18 anos e 227 dias, na sua primeira corrida pela Red Bull.

O piloto holandês partiu de 4 lugar e mostrou no circuito de Barcelona que é tão bom a defender como a atacar. Max Vertappen teve atrás de si o experiente Kimi Raikonen durante mais de 20 voltas e quase sempre a menos de 1 segundo.

Nesta luta épica, o jovem piloto da Red Bull não cometeu nenhum erro e conseguiu tirar partido da maior carga aerodinâmica do seu carro para pôr em sentido o finlandês, que apesar de levar o Ferrari a cheirar os escapes do Red Bull nunca foi capaz de fazer uma verdadeira tentativa de ultrapassagem.

Max Verstappen fez história hoje. Tornou-se o primeiro holandês a ganhar um Grande Prémio e fê-lo na sua segunda temporada na Fórmula 1 e na primeira prova com a Red Bull e bem pode agradecer a sua vitória a Danil Kviat, que no grande prémio da Rússia perdeu o lugar na Red Bull e foi despromovido para a segunda scuderia da marca, a Toro Rosso, por troca com Max Verstappen.

Corre-lhe óleo nas veias

Quando pela primeira vez se sentou num monolugar da disciplina rainha do desporto automóvel, Max Vertappen ainda tinha de ir para os circuitos à boleia. Com apenas 17 anos, estreou-se na Fórmula 1 ao volante de um Toro Rosso, numa jogada arriscada que foi bastante criticada.  Jacques Villeneuve, o campeão do mundo de 1997, disse mesmo que a entrada do jovem era “a pior coisa para a Fórmula 1” devido à sua inexperiência.

E a verdade é que o seu curriculum estava longe de ser o normal para quem chega ao paddock dos grandes prémios. Max chegou diretamente da Fórmula 3, sem passar pela F2, onde esteve apenas ano e meio.

Verstappen nos kartsMax Emilian Verstappen nasceu na Holanda, em Hasselt, a 30 de setembro de 1997, de uma família há muito ligada ao automobilismo. Não apenas o seu pai é o antigo piloto de Fórmula 1 Jos Verstappen que disputou 8 temporadas entre 1994 e 2002, como o seu avô competiu em provas de endurance e o tio participou nas 24 Horas de Le Mans. É caso para dizer que é óleo o que lhe corre nas veias.

Aos 4 anos, o pai ofereceu-lhe o primeiro kart e nos seus primeiros três anos de competição venceu quase todas as provas em que participou. Aos 13 anos  era uma das primeiras figuras da competição a nível mundial, tornando-se campeão europeu e mundial, pelo que a sua passagem para os monolugares era o lógico passo seguinte.

Estreou-se apenas um mês depois de fazer 16 anos, em outubro de 2013, nos monolugares,  mas só no ano seguinte voltou a dar nas vistas na Florida Winter Series onde venceu duas corridas e fez mais cinco pódios.

Estava pronto para dar o salto para o mais exigente campeonato europeu de Fórmula 3, o que aconteceu em janeiro de 2014. A partir daqui parece um conto de fadas. Max Verstappen qualificou-se em quarto lugar na sua primeira corrida, fez um pódio na sua terceira prova, conseguiu a pole position na quinta prova em que participou e pole e vitória na sexta prova. Mas Verstappen estava apenas a aquecer e a partir daí fez uma série de seis vitórias consecutivas que o colocaram em segundo no campeonato. No final do campeonato ganho o F3 Masters em Zaandvort.

Apenas uma semana depois da vitória no F3 Masters, passou a fazer parte do programa de jovens pilotos da Red Bull e menos de uma semana depois veio a confirmação. O jovem holandês alinharia pela Toro Rosso em 2015.

Estreou-se na competição rainha do desporto automóvel no Grande Prémio da Austrália, que viria a abandonar e logo na sua segunda corrida, na Malásia, tornou-se no mais jovem piloto de sempre a entrar nos pontos, ao terminar a corrida em sétimo aos 17 anos e 180 dias. Max Verstappen começou a dar nas vistas com a sua condução agressiva e pouco tempo passou para ganhar o respeito do pelotão. Na sua primeira temporada na F1, o holandês voador conseguiu  ais 22 pontos no campeonato do que qualquer outro rookie na história da competição e foi vencedor de três prémios da Federação Internacional Automóvel (FIA): Rookie do Ano, Personalidade do Ano e Ação do Ano.

Agora, na sua 24ª prova na F1 e pela primeira vez sentado ao volante de Red Bull venceu o Grande Prémio de Espanha. Helmut Marko, o chefe do programa de talentos da scuderia, afirmou há já um ano, que Max Verstappen é feito da mesma massa de Ayrton Sena.

A ver vamos. Mas tem o mundo pela frente.