Goodyear arranca à conquista do recorde do mundo com destino a Lisboa Notícias

Lisboa é destino para recorde do mundo: 15 mil quilómetros em menos de 8 dias


Se as condições climatéricas o permitirem, o piloto Rainer Zietlow arranca amanhã para uma viagem de 15.200 quilómetros com destino a Lisboa. Se o fizer em menos de oito dias, terá quebrado um recorde do mundo, num desafio em que tem como parceiro a Goodyear.

No dia 30 de junho, Rainer Zietlow vai arrancar à conquista do recorde do mundo de 15.200 km através da Eurásia. Em menos de 8 dias, Rainer pretende ligar Magadan, a cidade mais oriental da Ásia acessível por carro, a Lisboa, a cidade mais ocidental do continente europeu. Tal como fez em iniciativas anteriores, Zietlow doará os fundos angariados à instituição de beneficência Aldeias SOS na Bielorrússia, que irá visitar depois de concluída a prova de recorde do mundo. Com um longo historial de pioneirismo, Rainer escolhe de novo a Goodyear para parceiro nesta tentativa de recorde do mundo. O anterior máximo está em 8 dias e 12 horas e foi estabelecido em 2008 por Matthias Göttenauer e Andreas Renz.

Historial de feitos pioneiros

A exemplo de Zietlow, detentor de múltiplos recordes do mundo, também a Goodyear se orgulha de um historial de feitos pioneiros: a primeira marca cujos pneus chegaram à Lua, a primeira marca a lançar pneus todo-o-terreno e a primeira marca cujos pneus ganharam 350 Grandes Prémios de F1. O próprio Rainer Zietlow, detém já quatro recordes do mundo de longa distância; esta competição será a quinta em que participa. Nesta tentativa, Zietlow vai percorrer 12 fusos horários, partindo do ponto mais extremo da Eurásia acessível por carro. Os maiores desafios serão atravessar Moscovo sem engarrafamentos de trânsito e a terrível via rápida Kolyma, na Rússia, uma estrada de gravilha com 3.000 km, muito exigente para equipas, carros e pneus. Para atravessar o supercontinente num tempo recorde, Rainer Zietlow escolheu, pela terceira vez, a Goodyear, recorrendo aos pneus Wrangler HP All Weather. As parcerias anteriores aconteceram nas travessias Cape-to-Cape e Cape 2.0.

Os pneus Wrangler da Goodyear

infografia_TOUAREG_GYNo percurso de Madagáscar a Yakutsk, Rainer irá utilizar os pneus Goodyear Wrangler All Terrain Adventure com Kevlar, que oferecem um excelente desempenho off-road em condições extremas. Para percorrer as estradas de gravilha e autoestradas que marcam o caminho de Yakutsk a Lisboa, Rainer irá recorrer aos pneus Wrangler HP que, concebidos para veículos SUV e 4X4, combinam um desempenho sólido e constante em asfalto e pisos endurecidos com excelentes aptidões para todo-o-terreno. Os pneus oferecem uma forte aderência em piso molhado e boa resistência à aquaplanagem, garantindo à equipa a tranquilidade necessária para a viagem até Lisboa.

“O Rainer vai ter de conduzir em superfícies muito diferentes, como asfalto, gravilha e lama, e em diferentes condições meteorológicas, incluindo tempo seco e chuva”, esclarece Alexis Bortoluzzi, Diretor de Marketing da Goodyear EMEA. “Fornecemos-lhe um conjunto de pneus da gama Wrangler que lhe vão durar toda a viagem, por mais exigente e longa que seja e que, como todos os pneus da Goodyear, terá toda a confiança necessária” .

Através da Eurásia, de Magadan até Lisboa

Espera-se que a tentativa de recorde do mundo seja concluída em menos de 8 dias, durante os quais Zietlow e a sua equipa (o operador de câmara Marius Biela e o jornalista russo Peter Bakanov), vão atravessar 7 países: Rússia, Bielorrússia, Polónia, Alemanha, França, Espanha e Portugal.
O carro levará sete pneus no total: quatro montados de origem e três sobresselentes. A prova conta com outros concorrentes: Volkswagen Group Rus, LukOil Lubrificantes, Ferodo, Champion, Immarsat, Exide, Borbet e Kuehne+Naegel.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *