CDI Portugal apresenta finalistas da Competição Nacional do Apps for Good 2015/2016 Notícias

Já são conhecidos finalistas da Competição Nacional do Apps for Good 2015/2016


Já são conhecidos os 20 finalistas da competição nacional Apps for Good que envolveu alunos do 2º ciclo e do ensino secundário um pouco por todo o país. Ao todo, foram apresentadas à competição organizada pelo CDI Portugal, 100 apps desenvolvidas pelos estudantes.

O CDI Portugal apresenta as 20 aplicações finalistas da Competição Nacional do Apps for Good 2015/2016, que irão concorrer na final nacional do Apps For Good, a decorrer a 13 de setembro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Nos passados dias 27 e 28 de junho, o CDI realizou os Encontros Regionais Apps For Good, na Escola Secundária D. Dinis em Lisboa e na Escola Secundária Carolina Michaëlis no Porto, para seleção das 20 aplicações finalistas.

Competição Nacional do Apps for Good 2015/2016O universo de cerca de 100 aplicações desenvolvidas por alunos de escolas do 2º ciclo ao ensino secundário, de norte a sul do país, apresentadas a júri, inclui aplicações dedicadas às mais variadas áreas. No entanto, a maioria das aplicações submetidas destina-se às áreas da Educação (27%), Responsabilidade Social (11%), Animal (8%) e Saúde (7%).

João Baracho, Diretor Executivo do CDI Portugal, adianta que “o tipo de aplicações submetidas a competição nesta edição demonstra bem a preocupação e interesse dos jovens pelas causas sociais e pela criação de uma sociedade mais cívica e sustentável.”

Foram ainda submetidas aplicações destinadas às áreas de Economia (6%), Cultura (5%), Lifestyle (5%), Nutrição (5%), Turismo (5%), Segurança (4%), Sustentabilidade (3%), Puericultura (3%), Organizacional (2%), Natureza (2%), Atividade Física (2%), Moda (1%), Media (1%), IT (1%) e Idiomas (1%).

O júri, composto por representantes dos parceiros da edição 2015/2016 do Apps For Good, selecionou as 20 melhores aplicações, finalistas da Competição Nacional do Apps for Good 2015/2016:

 

  • Amigos do GAAF – Agrupamento de Escolas Amadora Oeste
  • FQ9 – Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro
  • OGTA – Instituto Profissional dos Transportes
  • Help People – Agrupamento de Escolas de Vila Viçosa
  • 24H SOS – Agrupamento de Escolas de Nun’Álvares
  • Drive Safe – Agrupamento de Escolas da Batalha
  • EBSSA Amiga dos Animais – Agrupamento de Escolas de Santo António
  • Biblioteca Mágica – Agrupamento de Escolas Eça de Queirós
  • Fire Tracker Help – Agrupamento de Escolas da Batalha
  • Intelligent Elderly – Agrupamento de Escolas da Batalha
  • Cook Wisards – Agrupamento de Escolas de Nelas
  • Agro Conta – Agrupamento de Escolas D. Sancho II Alijó
  • Save Energy Now – Agrupamento de Escolas de Nelas
  • Enoturismo Douro – Agrupamento de Escolas D. Sancho II Alijó
  • Animalling – Agrupamento de Escolas de Sátão
  • Kids Care – Agrupamento de Escolas D. Sancho II Alijó
  • School Assist – Agrupamento de Escolas de Fajões
  • The Dropper – Agrupamento de Escolas de Sátão
  • Team Call – Agrupamento de Escolas de S. Pedro da Cova
  • Go Trilho – Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca

 

Os membros do júri:

– António Silva – Direção-Geral da Educação

– Luís Jerónimo e António Miguel – Fundação Calouste Gulbenkian

– Elizabeth Shipeio – Microsoft

– Cláudia Matias e Bruno Pereira – SAP

– Ana Gato e Patrícia Ferreira – ANPRI

– Bruno Pocinho e Silva – REN

– Dora Miranda – DNS

– Samantha Esteves e Beatriz Salvador – SIEMENS

– Anna Sophia Meneses – SRS Advogados

– Sónia Moura, Fernando Correia, Fernando Cardoso e Nelson Silva – NOKIA

– Mafalda Moraes – ACP

– Sara Vilaça – BIT Sonae

– Wendeline Feltz – Edulog

– Rui Borges – BLIP

– Joana Marques e Álvaro Monteiro – Farfetch

– Frederico Miguel Santos e Daniel João Freitas – PT

 

A iniciativa Apps for Good, do CDI, contribui para redução da desmotivação pela escola e consequente abandono escolar, criando competências pessoais de iniciativa e criatividade fundamentais num Mundo em permanente evolução. A adesão à iniciativa tem vindo a aumentar, tendo duplicado na última edição o número de aplicações em competição.

O Apps For Good tem como parceiros a Direção-Geral da Educação, Microsoft, Fundação Calouste Gulbenkian, SAP, ANPRI – Associação Nacional de Professores de Infomática, APDC – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, REN, Blip, ESRI Portugal, Siemens, Educom, ACP – Automóvel Club de Portugal e SIVA.