Notícias

Restaurante Vindouro ganha medalha de prata no concurso nacional ‘A revolta do bacalhau’


O restaurante Vindouro era o único participante a representar Viseu Norte e sub-região do Douro no concurso de âmbito nacional e acaba de trazer a medalha de prata para a região. O restaurante de Lamego esteve a concurso com o prato ‘Bacalhau seco da Noruega acompanhado de esmagado de feijão preto e espuma de alho’ e é uma evolução de um prato semelhante, já existente na carta do restaurante. Na edição 2016 do concurso “A Revolta do Bacalhau” criado pelo Recheio e pela Norge e onde os profissionais da restauração são desafiados a desenvolver receitas de Bacalhau da Noruega, participaram cerca de 30 restaurantes nacionais, de norte a sul do país, incluindo restaurantes Estrelas Michelin.

O restaurante Vindouro, localizado no centro histórico de Lamego, perto da Sé Catedral, do Museu e do Teatro Ribeiro Conceição, apresenta uma cozinha regional contemporânea, de base mediterrânica, com inspiração no receituário tradicional duriense. O resultado é uma mistura de aromas, sabores e texturas que apela às sensações.
De um corredor ondulante, simulando as elegantes curvas do rio e o relevo acentuado dos socalcos, até à recriação de videiras e oliveiras, enquadradas numa parede de xisto, referência aos muros que povoam as íngremes encostas, os prazeres da boa mesa são envolvidos neste ambiente de exceção, onde a arquitetura reflete a riqueza e a unicidade da paisagem envolvente.

vindouro vindouro

A Revolta do Bacalhau é um Concurso Nacional, criado pelo Recheio e pela Norge, onde profissionais são desafiados a desenvolver receitas de Bacalhau da Noruega, procurando modelos tradicionais ou complementares de uso de produtos, técnicas e equipamentos para a confecção e apresentação dos trabalhos a concurso.

A edição 2016 do concurso contou com a participação dos seguintes restaurantes e chefs de cozinha: Antiqvvm – Porto; A Margarida – Guarda; Abajur – Chaves; Brasão – Felgueiras; Ferrugem – Vila Nova de Famalicão; Quinta de São Luiz – Coimbra; Salpoente – Aveiro; Vindouro – Lamego; Adega machado – Lisboa; Aidé restaurante – Paços de Ferreira; Bacalhau & Afins – Aveiro; Belém 2 a 8 – Lisboa; Bordalo Pinheiro – Lisboa; Casa do Provedor – Ponte de Lima; Degust`ar – Évora; Estalagem de Santa Iria – Tomar; Euskalduna Studio – Porto; Fiado restaurante – Fundão; A Viscondessa – Lousã; Mon-Chic – Monchique; O Buke – Pampilhosa da Serra; Palatium – Porto; Páteo Velho – Lagos; Quinta do Gradil – Cadaval; Restaurante de Tormes – Fundação Eça de Queiroz – Baião; River Lounge – Lisboa; Sentidos – Alcobaça; Taberna Ó Balcão – Santarém; Tertúlia Algarvia – Faro; Wax Restobar – Faro .
Helena Castro – Restaurante Antiqvvm, Porto; Iris Vieira – Restaurante Antiqvvm, Porto; Liborio Bounocore – Bela Vista Hotel & Spa Relais Chateaux, Portimão; Miguel Feliciano – Sine Qua Non; Patrick Simões – Macdonald Monchique Resort & Spa, Monchique; Paulo Vieira – Intercontinental Estoril; Ricardo Teixeira – Restaurante Ferrugem, Vila Nova de Famalicão; Tiago Moutinho – Restaurante Castas e Pratos, Peso da Régua.

A final nacional decorreu no início desta semana, na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa. Os vencedores foram conhecidos durante a Cerimónia apresentada por Fernando Alvim.

Para saber mais informações sobre o concurso nacional “A Revolta do Bacalhau”: www.revoltadobacalhau.com

A provar o seu dinamismo e a criatividade, o restaurante Vindouro está a participar no ‘Festival de Turismo Gastronómico: O melhor do Douro…” que decorre até domingo, dia 18 de dezembro, na região do Douro.


1 comentário em Restaurante Vindouro ganha medalha de prata no concurso nacional ‘A revolta do bacalhau’

  1. Francisco Pinto

    Se o Vindouro ganhou a medalha de prata, imagino a “qualidade” dos outros.
    Mau serviço, comida fria e antipatia dão medalhas???

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *