novo Samsung Galaxy Note 7 Mobile

Samsung Galaxy Note 7: Explosões devido a design demasiado compacto?


Apesar de o Samsung Galaxy Note 7 já ter “morrido” para o mercado dos smartphones, as novas informações sobre possíveis causas para tamanho flop continuam a surgir. Depois de observar todo o desenvolvimento da história do Note 7, uma equipa da Instrumental decidiu realizar as suas próprias investigações para tentar encontrar uma resposta final que justifique as explosões do Galaxy Note 7.

Todas as justificações apresentadas pela Samsung envolveram problemas exclusivos com a bateria, o que indicava que o fabrico das baterias seria a causa das explosões e que o smartphone não teria qualquer outro tipo de problema.

A equipa da Instrumental decidiu então adquirir um Galaxy Note 7 e realizar uma "autópsia" minuciosa ao dispositivo em busca de pistas para desvendar este mistério. Sem qualquer dúvida, as suas descobertas foram no mínimo interessantes, concluindo que os problemas não estavam relacionados com a bateria mas sim com todo o design do smartphone.

Na busca de um dispositivo ainda mais compacto e potente, a Samsung tornou-se demasiado agressiva no desenvolvimento do design do Note 7. De acordo com a Instrumental, com o passar do tempo ou em determinadas situações, a bateria poderia ser comprimida até ao ponto em que as camadas positivas e negativas entravam em contacto, causando assim as já famosas explosões.

Ainda não surgiu qualquer comentário oficial por parte da Samsung em relação a estas descobertas, mas parece que a extrema tentativa de inovar por parte da Samsung acabou por originar um smartphone que se revelou bastante perigoso. Esta descoberta, uma vez confirmadas por vários outros testes, poderão vir a mudar o rumo da industria dos smartphones. A partir de agora as fabricantes poderão começar a pensar duas vezes antes de ter como principal objectivo tornar os seus novos smartphones mais compactos e mais potentes.

Instrumental Samsung Galaxy Note 7

 

via: Instrumental

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *