Análise ao plag.pt, o verificador de plágio Análise

Análise ao plag.pt, o verificador de plágio


Com a quantidade de fontes e facilidade a que a elas acedemos na net, a preocupação com o plágio está na ordem do dia. Se não tem a certeza sobre a originalidade de um trabalho ou se acha que já ouviu uma frase que acabou de escrever, agora tem a solução. O plag.pt tem funcionalidades únicas que o tornam no verificador de plágio por excelência.

O verificador de plágio Plag.pt pode muito bem ser o salva-vidas de quem tem dúvidas quanto à originalidade de determinado texto. Esta é uma boa notícia para professores, por exemplo, mas também para todos quantos têm de produzir textos profissionalmente ou academicamente.

O plag.pt faz a busca em mais de 14 triliões de páginas na net, livros, revistas, artigos e trabalhos de investigação e académicos em vários idiomas e procura não apenas correspondências exatas como também paráfrases e citações inadequadas.

Estas últimas são ferramentas exclusivas do algoritmo do plag.pt, que inclui ainda uma análise do risco de plágio. Ou seja, verifica as similitudes entre o seu documento e outros existentes e alerta-o para o risco. E isto porque – como se costuma dizer – num mundo onde já está tudo inventado, muitas vezes não basta ter uma boa ideia, é necessário que seja defendida de uma forma única.

Depois de se fazer o registo no site podemos começar logo a verificar documentos. Para tal, basta fazer o upload de um documento para que a análise comece.

plag.pt: Upload de documentos para detectar plágio

O relatório imediato diz-lhe logo a percentagem de paráfrases, citações impróprias e correspondências encontradas. Se o resultado encontrado estiver dentro dos parâmetros admissíveis, o software di-lo.

plag.pt: Resultados Detalhados de Verificação

Se tiver que saber exatamente quais os problemas que o texto tem, então esse serviço será pago. Poderá comprar créditos ou espalhar a mensagem. Por cada postagem no Facebook, Twitter ou G+ o plag.pt credita 1 euro na sua conta. Com os créditos necessários, poderá mesmo fazer a edição do documento dentro do site e assim estar ao abrigo de qualquer problema relacionado com o plágio

Não sendo assim uma ferramenta totalmente gratuita, o plag.pt encontrou formas de não se tornar um problema para a carteira dos usuários.

Com um bom interface, facilmente utilizável, e um algoritmo que é do melhor que encontramos nesta área, não encontrámos verdadeiramente nada de que não gostássemos neste detector de plágio. Talvez a obrigatoriedade de dar o número de telefone seja o ponto mais negativo.

Se compararmos este serviço com outros existentes, o plag.pt sai claramente vencedor. Mesmo a busca gratuita que possibilita tem todos os recursos do algoritmo ao seu dispor, o que quase nunca acontece. Outros sites existem que não disponibilizam gratuitamente a pesquisa no Google ou que cobram por página.

Se o seu trabalho é honesto, a maior parte das vezes só terá que utilizar o plag.pt para verificar se está tudo bem. E quando tal não acontecer, esta é a ferramenta certa para não ser olhado de lado e ter o carimbo de plágio escrito na testa.

Experiência de utilização
Interface
Utilidade
Relação custo/benefício
Final Thoughts

O plag.pt tem funcionalidades únicas que o tornam no verificador de plágio por excelência e pode muito bem ser o salva-vidas de quem tem dúvidas quanto à originalidade de determinado texto

Overall Score 4.2

1 comentário em Análise ao plag.pt, o verificador de plágio

  1. Públio Athayde

    Este verificador de plagio mais parece uma armadilha para roubar textos alheios. Primeiramente, não é de graça; você envia o texto e não recebe relatório nenhum, a menos que pague. Depois, o acordo de licença de direitos autorais deles é quase uma escravidão! “O Autor deve transferir para o seu Representante os direitos autorais do Obra ou partes dele. ” “O Autor deverá transferir os Direitos de Autor ao Representante durante 3 (Três) anos. No final dos termos do Acordo e na ausência expressa do requerente em rescindir o Acordo, o Acordo será automaticamente prorrogado por mais três anos.” “… s disputas serão resolvidas de acordo com a lei da República da Lituânia.” são algumas das pérolas deles…
    Minha sugestão? Jamais enviem qualquer texto ao site! É uma fria total.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *