Arte e Cultura

Um Instante de Amor: A Fugacidade de um Amor Eterno


A nossa nota
Final Thoughts

No infortúnio de suas solidões e desejos carnais, dois corações se entregam ao idílio do amor. Mesmo que seja por um instante. Um instante de amor.

Overall Score 4

No filme Um Instante de Amor , após a Segunda Guerra Mundial, a jovem e bela Gabrielle (Marion Cottillard), encontra dificuldades em lidar com sua libido efervescente, causando desconforto em seus familiares. Temendo que a desonra atinja a família, Gabrielle é forçada a casar-se com o pedreiro José (Alex Brendemühl) – um frequentador de bordéis.

Com problemas renais e incapacitada de manter uma gestação, Gabrielle é enviada para tratamentos em uma clínica nos Alpes franceses. É neste bucólico cenário que o amor se estabelece entre a voluptuosa Gabrielle e um jovem tenente acamado, André (Louis Garrel).

Um Instante de Amor: A Fugacidade de um Amor EternoA diretora Nicole Garcia conduz seu filme – Um Instante de Amor – com força e delicadeza em equilíbrio constante. Sua narrativa cresce com o desenrolar da trama, em enquadramentos que enaltecem a fotografia emoldurada por lindas paisagens.

A grande força motriz do filme é a sempre intensa e irretocável atuação de Marion Cottillard – uma das mais incríveis atrizes francesas de todos os tempos. Seus olhares revelam uma gama de sentimentos e dores com propriedades únicas.

Louis Garrel, um tanto apático, não chega a comprometer. No entanto, é no marido traidor e traído que define-se um desenho de personagem mais elaborado sob a atuação sensível de Alex Brendemühl.

Vale ressaltar a ótima reconstituição de época quanto ao figurino e direção de arte, com locações em perfeita comunhão com o roteiro.
Mais do que amor e traições; honra e punições…o roteiro de Nicole Garcia, baseado na obra original de Milena Agus, lança luz sobre os tortuosos caminhos da psiquê humana.

A personagem interpretada por Marion Cottillard, enfrenta a dicotomia de sua alma. Uma alma de sombras. Seu casamento não sacia sua libido. Seu amante escapa-lhe por obra do destino. Mas são nas profundezas de sua mente que seus desejos e esperanças fazem-na viver.

No infortúnio de suas solidões e desejos carnais, dois corações se entregam ao idílio do amor. Mesmo que seja por um instante. Um instante de amor.

Um Instante de Amor (“Mal de Pierres” / França, Bélgica, 2017).

Nota: 8 (⋆⋆⋆⋆)
Direção: Nicole Garcia
Elenco: Marion Cottillard, Louis Garrel, Alex Brendemühl

Também deve gostar:

Amor e Paixão: Sentimentos e Hormônios Mesclados em Profusão

O Que Terá Acontecido à Baby Jane? (Estados Unidos / 1962)

O espaço aterrorizante de Alien: a claustrofóbica ameaça de um passageiro


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *