Microsoft Surface Tecnologia

Microsoft Surface perde recomendação da Consumer Reports


A Microsoft continua numa “maré” de más notícias. Recentemente a publicação prestigiada – Consumer Reports – confirmou oficialmente que iria proceder à remoção dos produtos da linha Microsoft Surface da sua lista de recomendações.

Consumer Reports é uma publicação (sem fins lucrativos) extremamente prestigiada a nível mundial. O seu principal objectivo é proceder à análise meticulosa dos mais variados produtos, de forma a oferecer aos utilizadores análises imparciais sobre os produtos. Digamos que é uma espécie de DECO Proteste internacional.

Mi Mix 2: O novo prodígio da Xiaomi surge em nova imagem

De acordo com um estudo publicado na passada quinta-feira, após questionar 90,000 utilizadores de portáteis e tablets, os resultados para a Microsoft estão longe de ser positivos. Estimou-se que cerca de 25% dos utilizadores que possuem produtos Microsoft Surface deparam-se com problemas. Na sua maioria, os problemas começam a surgir cerca de 2 anos depois da compra. Segundo Jerry Beilinson, “se estás muito preocupado com o tempo que os teus produtos vão durar, talvez seja melhor optares por uma marca que ofereça uma melhor taxa de confiabilidade”.

Segundo as respostas dadas nos inquéritos realizados pela Consumer Reports, os dispositivos Microsoft Surface têm uma grande tendência a apresentar diversos problemas. Incluindo “congelamentos”, encerramentos espontâneos e também problemas com o ecrã táctil. Beilinson afirma que a confiabilidade apresentada por estes produtos da Microsoft encontra-se muito a baixo dos resultados apresentados por outras marcas. No lado oposto desta escala, encontra-se a Apple, com a mais alta taxa de confiabilidade.

Microsoft Surface perde recomendação da Consumer Reports

No campo geral de receitas da Microsoft, a linha de produtos Surface representa apenas uma pequena fracção. Por isso mesmo não deverá ter um impacto crítico na empresa. No entanto, é importante referir que as receitas provenientes de produtos Microsoft Surface apresentam quebras durante os dois últimos trimestres.

“A realidade é que a Microsoft tem muito pouca experiência em algumas das novas categorias em que se introduziram muito rápido. O que os coloca mais expostos ao risco de se depararem com problemas de fabrico,” disse Jan Dawson – Chefe Analítico na Jackdaw Research.

A Microsoft já respondeu aos resultados apresentados por este estudo. Tal como seria de esperar, a sua resposta tentou refutar por completo os resultados. Dizendo que estes não reflectem a realidade dos seus utilizadores. A empresa afirma ainda que o estudo está longe de reflectir o nível de performance ou confiabilidade da gama Surface. Salientando que a linha de produtos tem evoluído consideravelmente em cada geração.

Nokia 3310 terá nova variante com 3G muito em breve

Consumer Reports realiza o seu estudo anual de confiabilidade desde 1952, tendo iniciado com o ramo automóvel. Desde então, consolidou as suas práticas em praticamente todos os segmentos de produtos nos mais variados ramos. As mais recentes adições foram os mercados dos portáteis e tablets, contanto com mais de 50 anos de experiência.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *