Mobile

iPhone 8: Apple está a investigar problemas com a bateria


Desde o seu lançamento ao público que vários utilizadores dos novos iPhone 8 e 8 Plus têm relatado vários problemas com as suas baterias. Na passada sexta-feira a Apple emitiu um comunicado oficial onde revelou estar a par da situação e a investigar as possíveis causas.

— Google Pixel 2 não te vai incomodar quando estás a conduzir —

No entanto, ainda não é claro se estes problemas estão a afectar uma remessa completa de unidades, tal como aconteceu com o Note 7, ou se são apenas acontecimentos isolados. Ao contrário do que aconteceu com o fiasco da Samsung, não existem (até agora…) quaisquer relatos de explosões das baterias.

Apple iPhone 8

Até agora surgiram dois tipos de relatos relacionados com os problemas da bateria do iPhone 8 e iPhone 8 Plus. Um deles aconteceu enquanto o smartphone estava a ser carregado (com acessórios oficiais), onde a bateria inchou ao ponto de separar o ecrã da moldura de alumínio. Num outro caso, o iPhone 8 Plus de um utilizador no Japão chegou já com a bateria inchada dentro da própria caixa.

Um dos motivos que poderá explicar este inchar das baterias de lítio é o facto de serem baterias bastante antigas, que acabam por expelir uma mistura química que tem como objectivo prevenir a explosão da bateria. Existem por certo outras explicações para este acontecimento, mas fica no ar a possibilidade da Apple ter utilizado baterias antigas para equipar os seus novos smartphones.

Outro acontecimento que pode levar ao inchar das baterias é a sua sobre carga ou aquecimento, que leva ao mesmo tipo de reacção de forma a prevenir qualquer explosão.  No meio de todos estes problemas, fica pelo menos garantido que ao contrário do que aconteceu com o Galaxy Note 7, o sistema de segurança das baterias dos novos iPhone 8 e 8 Plus estão a funcionar na perfeição.

Será que o iPhone 8 terá o mesmo destino do Galaxy Note 7?!

Mais uma vez poderemos estar perante uma falha de design, onde a Apple tentou demasiado reduzir as dimensões da bateria para que conseguisse alcançar um design mais elegante e também incorporar o painel traseiro em vidro que permitiu a integração de carregamento sem fios.

De momento a Apple tem na sua posse as unidades que causaram os problemas e está a investigar a situação. Resta-nos então aguardar por uma explicação oficial para estes problemas, ou muito possivelmente o surgimento de novos casos.

via: India Today



Outros artigos que vais gostar:

Bem-estar no escritório: A Garmin mostra como

Microsoft Edge chega ao iPhone e em breve aos Android

Huawei Mate 10: Confirmada bateria de 4000 mAh!


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *