Cisco e INTERPOL assinam acordo para combater cibercrime Segurança

Cisco e INTERPOL assinam acordo para combater cibercrime


A Cisco e a INTERPOL assinaram hoje um acordo de partilha de informações sobre ameaças cibernéticas, cujo foco é o combate ao cibercrime.

Este acordo de cooperação será conduzido pelo centro global de cibercrime da INTERPOL, a INTERPOL Global Complex for Innovation (IGCI), em Singapura, vai aliar duas organizações na coordenação e desenvolvimento de uma abordagem focada na partilha de informação. Esta cooperação permitirá detetar ameaças, rapidamente, em todo o mundo, o que significa um combate mais eficaz aos crimes cibernéticos.

Vale lembrar que as melhores soluções de segurança da Cisco, bem como a arquitetura da sua abordagem, ajudam os clientes a proteger as suas organizações de forma mais eficiente desde a rede até ao endpoint na cloud.

É, ainda, importante salientar que a tecnologia Cisco bloqueia 19,7 mil milhões de ameaças por dia através da sua Inteligência Coletiva de Segurança na Rede (Collective Security Intelligence), garantida pela equipa Cisco Talos Security Intelligence e pelo Grupo de Investigação.

O acordo entre a Cisco e a INTERPOL visa apoiar programas desenvolvidos para combater atentados de ‘cibercrime puro’ como delitos que decorrem no ciber espaço, ajudando assim os países membros na identificação destes ataques cibernéticos, bem como os seus autores.

 

Acerca da Cisco
A Cisco (NASDAQ: CSCO) é líder mundial em tecnologia e tem ajudado a manter a Internet a funcionar desde 1984. As nossas pessoas, produtos e parceiros ajudam a sociedade a estar conectada de forma segura e encontrar hoje a oportunidade digital de amanhã. Para mais informações visite http://thenetwork.cisco.com

Acerca da INTERPOL
A INTERPOL é a maior organização internacional de segurança, com 192 países membros. O nosso papel é garantir que as entidades policiais em todo o mundo trabalham em cooperação tornando o mundo, num lugar mais seguro. A nossa infraestrutura tecnológica e operacional suporta a resposta aos crescentes desafios inerentes ao combate ao crime no século XXI


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *