Samsung Galaxy C10 Plus Mobile

Samsung Galaxy Note 9 nāo deve chegar com leitor de impressāo digital no ecrã


Já ficou bastante claro que uma das grandes tendências deste ano, tal como seria de esperar, é a presença do leitor de impressão digital integrado no ecrã. Depois das grandes fabricantes terem começado os seus testes durante o ano passado, a primeira a lançar um smartphone com esta tecnologia acabou por ser a Vivo. No entanto seria de esperar que o Galaxy Note 9 fosse o primeiro smartphone da Samsung a ter o leitor integrado no ecrã, mas parece que isso não irá acontecer…

— Dia do Pai? A Garmin tem a solução —

Em primeira mão, todos esperavam que os primeiros a apresentar este avanço tecnológico fossem o iPhone X e o Galaxy S9, mas nenhum deles acabou por surpreender uma vez que as fabricantes acabaram por optar por opções que seguiram caminhos diferentes. Apesar disso, começou desde cedo a surgir rumores que indicavam o Galaxy Note 9 como o primeiro smartphone da gigante sul coreana a chegar com leitor de impressão digital embebido no ecrã.

Tal como aconteceu no ano passado como Galaxy Note 8, tendo sido o primeiro smartphone topo de gama da Samsung com dupla câmara traseira, o mesmo seria de esperar com a implementação do novo leitor de impressão digital.

Agora, surgiram as primeiras informações que indicam exactamente o contrário. Ming-Chi Kuo, analista da KGI, havia sido o primeiro a lançar a hipótese que colocava o Galaxy Note 9 na linha da frente para receber o novo leitor, mas foi também ele o primeiro a desacreditar essa mesma ideia.

“Enquanto previmos anteriormente que o novo topo de gama Samsung Galaxy Note 8 iria chegar equipado com leitor de impressão digital debaixo do ecrã, nós acreditamos agora que a Samsung irá cancelar esta especificação no Note 9.”, disse Kuo.

Samsung Galaxy S9

Ming-Chi Kuo seguiu explicando que muito provavelmente esta escolha chegue devido às soluções ultra-sónicas (providenciadas pela Qualcomm) como as ópticas (providenciadas pela Samsung LSI, Goodix, Egis e Synaptics) não consigam cumprir com todos os requisitos técnicos exigidos pela Samsung. Um dos grandes motivos será certamente a dificuldade de garantir um funcionamento perfeito deste leitor quando utilizado com os protectores de ecrã da Samsung.

Uma coisa é certa, a Samsung irá continuar a fazer todos os possíveis para trazer o melhor smartphone possível para os mercados, enquanto evita a todo o custo um novo catastrófico evento tal como aconteceu com o Galaxy Note 7.

fonte: RedmondPie
via: GizChina

Outros artigos que vais gostar:

Meizu E3 será apresentado no dia 21 de Março com ecrã Full HD+

HTC U12 e Desire 12 têm mais algumas especificações reveladas

TP-Link apresenta os acessíveis Neffos Y5s


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *