Exclusive Group reforça presença no Benelux com compra da TechAccess Notícias

ActiveSys assume-se como parceiro da Rubrik para comercialização de soluções em Portugal


A distribuidora tecnológica de valor acrescentado, Exclusive Networks, conta com um canal especializado para comercializar e exibir os seus produtos. Exemplo disso é a parceria entre a ActiveSys, empresa portuguesa especializada em serviços de consultoria tecnológica, e a Rubrik, empresa representada em Portugal pela Exclusive Networks. Com esta parceria, as empresas tencionam reforçar a comercialização de soluções Rubrik no mercado nacional.

As soluções Rubrik descomplicam a criação de cópias de segurança e a recuperação para ambientes físicos e virtuais. Através destas soluções, as empresas podem eliminar o software de cópias de segurança mediante a integração de orquestração de dados, gestão de catálogo e armazenamento sem duplicados num dispositivo Plug-and-play que escala linearmente. Podem também expandir facilmente a sua estrutura para a cloud com uma rede de software escalável e automatizar a deteção de todo o ambiente. A solução Rubrik consiste numa arquitetura baseada em API em que até a sua interface HTML5 recorre a endpoints API RESTful. Foi criada para ser adequada a qualquer fornecedor e é compatível com todas as tecnologias e aplicações datacenter mais recentes.
Segundo Elizabeth Alves, Sales Manager da Exclusive Networks, enquanto distribuidor, a estratégia da Exclusive Networks “passa em posicionar o fabricante no mercado, o que passa sempre pelo canal. Em conjunto com a ActiveSys desenvolvemos esta e outras ações de forma a que os clientes finais tenham contacto com tecnologias disruptivas, como é o caso da Rubrik”.

As duas empresas anunciaram hoje oficialmente a sua parceria, num evento que contou com a presença de Ramon Lucini, country manager da Rubrik para Portugal e Espanha.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.