SIGMA 35mm F1.2 eleva a sua mirrorless a um novo patamar

SIGMA 35mm

A Comercialfoto e a SIGMA, marca representada no mercado português pela Comercialfoto, anunciam a mais recente objetiva da linha Art da marca especialista em fotografia: a SIGMA 35mm F1.2.

É a primeira objetiva autofocus (AF) grande angular com abertura máxima de F1.2 para sistemas full-frame E-mount da Sony e L-Mount . Esta objetiva permite a criação de obras de arte com uma resolução impressionante e grandes efeitos de bokeh, como por exemplo, fotografias de retrato que fazem uso de uma profundidade de campo rasa. A objetiva leva o conceito do desenvolvimento da linha Art “procura a melhor qualidade de imagem” a um outro nível. Ao utilizar a função de correção ótica dentro da câmara, as aberrações que são difíceis de processar a posteriori são completamente corrigidas graças ao design ótico e assim melhora a sua resolução.

A “linha Art na era das câmaras mirrorless” prossegue na busca do desempenho máximo com uma objetiva de grande diâmetro com uma distância focal de 35mm e também atinge uma abertura máxima de F1.2. Três elementos de vidro SLD e três lentes asféricas, incluindo uma lente asférica de dupla face, são colocadas de forma ideal numa construção de uma objetiva de 17 elementos em 12 grupos. Além do design ótico que faz uso da característica da distância focal de flange curto, a objetiva tira vantagem da função de correção dentro da câmara para corrigir a distorção e a iluminação periférica. As várias aberrações que são difíceis de corrigir a posteriori, como o flare digital, são completamente corrigidas pela compilação das tecnologias de design ótico que a SIGMA criou, alcançando uma resolução impressionante que pode alcançar mais de 50 milhões de pixéis.

Na fotografia de autofocus, o disparo simples para objetivas de grande diâmetro F1.2 é obtido através do Hyper Sonic Motor (HSM) que obtém o torque necessário para acionar o grupo de lentes de foco. Na fotografia de foco manual, o anel de foco acionado pelo sistema focus-by-wire com a configuração de torque otimizada responde às operações refinadas do fotógrafo. O anel de abertura também é montado com uma função de-click para remover cliques, o qual permite variar os diafragmas de forma contínua, que são especialmente úteis durante a gravação de vídeo.

O botão AFL, que pode ser atribuído com várias funções, amplia a gama de operações disponíveis na lente. Além disso, a objetiva possui uma estrutura à prova de salpico e pó, juntamente com um revestimento repelente de água e óleo na superfície frontal da lente, o que ajuda ainda na gravação em vários ambientes.

A objetiva SIGMA 35mm F1.2 DG DN | Art encontrar-se-á disponível no mercado português a partir de Agosto 2019 com um PVPrde €1550.

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
Nilton é um entusiasta das novas tendências tecnológicas e do impacto que estas têm nas organizações e no nosso dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.