img_ubuntu_chrome_01 Internet, Sistemas Operativos, Software, Tecnologia

Ubuntu – Tenha uma versão do Chrome sempre actualizada


As tecnologias web estão em constante evolução. Por isso é importante estarmos a par das novidades que os browsers de forma regular introduzem. Por exemplo é útil para um web designer poder testar a introdução de novos standards no seu site, ou para um utilizador por vezes tirar partido de correcção de bugs. Para comemorar o recente aniversário do Chrome, disponibilizamos-lhe um script que mantém o Chromium sempre actualizado em Linux.

A pensar nas especificidades de um ecossistema web dinâmico, a equipa do Tech&Net criou um script para Linux que quando executado descarrega a última snapshot gerada do Chromium (versão open-source do Chrome). Como o projecto chromium gera vários tipos versões de desenvolvimento, escolhemos basear este script no serviço de compilação automática da google com uma janela de tempo contínua. Isto é, em vez da periodicidade de geração dos binários ser diária, estas “builds” podem ser geradas mais que uma vez por dia o que como é óbvio acarreta também desvantagens.

Mas, comecemos pelas boas notícias,  estas builds são garantidas por elementos da Google como terem passado nos seus testes automáticos, o que significa que em principio todas irão executar sem problemas. E a juntar a isto poderá verificar se um bug que tinha na versão estável do chrome já foi resolvida.

As más notícias, é que estas versões podem trazer outros bugs irritantes ou regressões momentâneas de funcionalidades. Por isso, se não se sente confortável em usar binários com alguma probabilidade de conter bugs ocasionais, foi avisado! De qualquer das formas, a utilização deste script é segura já que não lhe irá sobrepor a versão actual que tem instalada do Chrome/Chromium, porque as versões do Chromium são instaladas para uma pasta à parte (mais concretamente /opt/chromium-cont).

Como executar o script?

Descarregue o ficheiro no final do artigo ou aqui, e siga os seguintes passos:

Grave numa pasta do seu disco (por exemplo a pasta Documentos da sua pasta pessoal). De seguida renomeie o ficheiro e retire-lhe a extensão txt. Posteriormente abra o gestor de ficheiros (conhecido também por nautilus) e vá às propriedades do ficheiro. Dirija-se à aba “Permissões” e certifique-se que a opção “Permitir executar o ficheiro como aplicação” está activa

Feche a caixa de diálogo e no navegador localize o ficheiro e clique duas vezes sobre o ficheiro. O Ubuntu irá lhe perguntar se deseja executar ou apresentar o ficheiro. Escolha a opção “Executar na Consola”.

A partir daí o script será executado e irá lhe perguntar qual a versão que deseja instalar. Caso possua uma máquina com uma versão de 64 bits do ubuntu instalado (x64) escolha a opção 2. Caso tenha a versão mais comum do Ubuntu com suporte para 32 bits (i386), então escolha a opção 1. Se tiver dúvidas relativa à versão instalada do Ubuntu vá à aplicação “monitor de sistema” e verifique na aba sistema se tem uma versão de 32 ou 64 bits do ubuntu.

Depois de seleccionar a versão desejada, terá que introduzir a sua palavra pass para o script criar a pasta /opt/chromium-cont e copiar a instalação para essa pasta. Depois de concluir o passo anterior , terá que esperar que o processo termine. Poderá esperar desde alguns instantes até alguns minutos, dependendo obviamente da sua ligação à internet e da velocidade do seu computador. O script irá descarregar a última versão do chromium em formato zip com um tamanho aproximado de 50 MB. De seguida o script irá descompactar o zip para a pasta apropriada e criar os atalhos adequados no sistema para a nova versão do chromium.

Assim que terminar, caso queira testar a sua nova versão do Chrome clique no seu botão do painel inicial do Ubuntu, e procure por “chromium”. Caso já tenha instalada a versão estável irá aparecer a versão que já tinha instalada e a nova versão que acabou de instalar com o script, com a designação de “Chromium Updated”.

Pode proceder à execução do Chromium Updated e se for caso disso fixar o icon na barra de lançador lateral do unity para acesso rápido.

A partir de agora sempre que quiser descarregar uma nova versão, basta voltar a executar o script e o processo será todo automatizado. O script mantem sempre a versão que descarregou anteriormente na pasta /opt/chromium-cont/old no caso de querer reverter para essa versão manualmente, no caso da versão mais recente do chromium ter algum bug incomodativo.

Resta-nos apenas dizer que este script foi testado nas versões 32 e 64 bits do Ubuntu 12.04. Apesar disso, terá grandes probabilidades caso tenha instaladas as dependências do chrome, de funcionar sem problemas em derivados do Ubuntu como o Linux Mint, ou no venerável pai das distribuições APT,o Debian. Quanto a outras distribuições como Fedora ou OpenSuse terá de testar, ou no caso de ser necessário adaptar o script.

Nota: Precisa de renomear o ficheiro e retirar-lhe a extensão txt para criar o script
Note: You must rename the file and delete the txt extension to create a script.

Download: Script – Chromium Updated


2 Comentários em Ubuntu – Tenha uma versão do Chrome sempre actualizada

    • Rui Oliveira

      Hello Marvin, sorry for only replying now but i was abroad and i had limited time to access the computer. Thanks for notifying me about the unavailability of the script on Minus. Unfortunately Minus, is just a shadow of what it once was – they basically pulled down my file without notifying me. So after this unfortunate situation, i completely lost the trust i had on the service and i will never use it again.

      The good news is that i uploaded the script to our server and you can use it. It is in the txt format (wordpress didn’t allowed me to upload it without an extension). So you will have to rename it (remove the txt extension) and then give it execution permissions. Or you can just copy the content of the txt file online, and create your own script.

      I hope you enjoy our script.
      Best regards

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>