Microsoft Windows 10 Internet

Windows 10 deixa de partilhar senhas de Wi-Fi


O Windows 10 vai acabar com a partilha de senhas Wi-Fi. A funcionalidade Wi-Fi Sense deixará de existir na Anniversary Update, cuja versão de teste foi agora tornada disponível em modo Fast Ring para todos os que participam no programa Windows Insider.

A partilha de senhas Wi-Fi pelos contactos gerou sempre muita polémica e a própria Microsoft reconhece que teve pouca procura e utilização. A funcionalidade Wi-Fi Sense permite que os dispositivos partilhem automaticamente os dados de conexão das suas redes wireless particulares com os contactos listados, evitando assim o sempre moroso processo de compartilhamento das senhas.

Para a Microsoft, “os custos de manter o código atualizado, combinados com o pouco uso e procura, fizeram com que o investimento não fosse mais vantajoso”. Daí o fim do Wi-Fi Sense.

A grande questão da funcionalidade revelou-se mais um problema de comunicação do que de potencial falha de segurança, como pensaram muitos dos que nunca utilização o Wi-Fi Sense. Quando o Windows 10 apareceu, a Microsoft disse que todos os contactos do utilizador teriam acesso às senhas, quando o que acontece é que o utilizador tem total controlo sobre que senhas disponibiliza e a quem.