Destaques, Negócios

JP Morgan dá 450 milhões por 10% do Twitter (atualizada)


O banco americano J.P Morgan está em negociações com o Twitter para a compra de 10 por cento da companhia de microblogging, que está em franco crescimento., avança o imprensa financeira internacional. O Twitter já desmentiu a informação (atualização: ver no final do post).

De acordo com o Financial Times, o banco americano está a oferecer 405 milhões de dólares por 10 por cento do Twitter, o que valoriza a companhia em 4,5 bilhões de dólares. O jornal inglês diz que o acordo ainda não está concluído.

Idêntica informação é avançada pelo Wall Street Journal, afirmando este, na sua edição online, que o banco já comprou “uma quantidade significativa” de acções do Twitter, numa operação separada.

A confirmar-se o valor da proposta do banco, o valor da Twitter quase que quadruplicou no ano passado. Fundada em 2006 e com 350 funcionários, a companhia teve receitas na ordem dos 150 milhões de dólares em 2010.

Nenhum dos jornais cita fontes que confirmem a notícia, mas os dois convergem no sentido de dizer que o J.P Morgan tem um fundo de 1.2 biliões de dólares para investir em companhias da internet e midia digitais.

A J.P. Morgan poderá estar ainda interessada numa participação na Zinga, a companhia de jogos online criadora dos vencedores CityVille e FarmVille.

Biz Stone, co-fundador do Twitter desmentiu esta informação na quinta-feira, 3 de Março. Em declarações à agência Reuters, Stone afirmou que “nem seques estamos a discutir internamente” a hipótese de venda de participações na companhia de microblogging.


9 comentários em JP Morgan dá 450 milhões por 10% do Twitter (atualizada)

  1. Marcio Ly

    A operação ocorre depois que o Goldman Sachs fizesse uma operação similar com o Facebook e poderia ser a primeira de outros investimentos do JPMorgan em empresas como Zynga e o Skype. Twitter, uma empresa que despertou interesse do Google e do Facebook e criada em 2006, conta com 300 funcionários e no ano passado começou a incluir publicidade. Com certeza vai continuar a despertar interesses de muitos investidores.

  2. Marcio Ly

    Claro que este banco está pensando no grande retorno que pode ter, mas e bom ficarem atento pois a Fail Whale, baleia que simboliza falhas no Twitter continua aparecendo, o site continua com problemas óbvios a ser resolvidos com instabilidades, retuite que não se pode acrescentar comentarios, comunicação entre outros.

  3. Marcello

    Internet é o presente e o futuro, se 20 anos atrás praticamente quase ninguem a conhecia, hoje ou se adapta ou vai perecer. As novas gerações estão 100% conectadas e o futuro pertence a eles, então qual caminho vamos seguir?
    Esta oferta do JP Morgan não me surpreende nem um pouco pois das novas midias que vieram pra ficar com certeza o Twitter é uma delas. Recentemente o Google ofertou mais de 6 Bilhões de dólares pelo site de compras coletivas o Groupon e seu dono não aceitou pois sabe que vale muito mais.Segue o link da matéria a quem se interessar:
    http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2010/12/01/oferta-de-us-6-bilhoes-do-google-pelo-groupon-preocupa-investidores-923157508.asp

  4. Anderson

    Quem diria que uma idéia tão simples iria gerar bilhões e bilhões de dólares. O empreendedorismo da área de TI realmente surpreende a cada dia

  5. Marcio Ly

    O Brasil e o segundo país que mais utiliza o Twitter deveriam investir um pouco desta grana por aqui também não acham???

  6. Muita especulação. Interessante como o simples boato, ou não, já é capaz de mexer com os valores da empresa. Stone diz que é mentira eu não duvidaria que a qualquer momento simplesmente surgi-se a noticia do negócio concluído.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *