Apple

iPad produzido no Brasil ainda este ano


A produção do iPad no Brasil deverá começar entre setembro e novembro. A confirmação foi feita por Luciano Almeida, da Invest São Paulo: “O anúncio da cidade escolhida deve ser feito entre maio e junho”

. A primeira informação oficial sobre a instalação de uma possível fábrica da Apple no Brasil chegou o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, confirmou à Reuters que a Apple e a Foxconn vão produzir o iPad no Brasil ainda esse ano.

[quote_right]”A expectativa da Foxconn é produzir até 6 milhões de unidades de equipamentos Apple dentro de 3 a 4 anos, quando a unidade estiver funcionando com capacidade total”[/quote_right]

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, contêineres/contentores com componentes para a fabricação de iPads 2, lançados em Março, já deixaram a Ásia em direção ao Brasil. A viagem deve durar cerca de dois meses, período necessário para que o Governo oficialize as políticas de incentivo à Foxconn, fabricante do aparelho.

De acordo com um estudo da Apple, existe no Brasil uma demanda aproximada de cerca de 5.000 iPads por mês. Combinados os incentivos fiscais e custos com logísticas, a expectativa é que o preço do produto caia em até 40%. A Apple não se pronuncia sobre o assunto.

Os produtos da Apple podem ficar mais baratos no Brasil a tempo do Natal. A taiwanesa Foxconn deve começar a produzir iPhones e iPads entre setembro e novembro, segundo Luciano de Almeida, presidente da Investe São Paulo, agência estadual de promoção de investimentos. Posteriormente, a linha de produção também deve incluir notebooks.

Produção e empregos

Faxconn ipad

produção de iPad em fábrica da Foxconn

Para os produtos da Apple, a expectativa é de chegar à produção de 6 milhões de unidades por ano em um prazo de três a quatro anos, contratando de 4 mil a 5 mil funcionários. A Apple e a Foxconn também não comentam o assunto.

Luciano Almeida, da Invest, afirmou aos jornalistas que a decisão de iniciar a montagem de produtos Apple no Brasil é uma tentativa da Foxconn de tirar a operação brasileira do vermelho. “A unidade no Brasil ainda é operacionalmente negativa e a expectativa da Foxconn é produzir até 6 milhões de unidades de equipamentos Apple dentro de 3 a 4 anos, quando a unidade estiver funcionando com capacidade total”, revela Almeida.

O futuro – semicondutores

O presidente do Investe São Paulo revelou ainda que a Foxconn estuda também duas outras possibilidades de investimentos no Brasil: a instalação de uma fábrica de telas de cristal líquido e a unificação das plantas brasileiras em uma única instalação. “Mas a fabricação de telas seria um projeto para daqui a 5 ou 6 anos, quando a produção de produtos da Apple estiver consolidada e houver escala de produtos que justifique a instalação da planta. Ainda não temos uma planta de semicondutores no Brasil porque não há escala”, ressalta Luciano Almeida.

Tanto a unidade para fabricação de telas/ecrãs quanto a unificação das plantas no país, segundo Almeida, ainda não têm aprovação do board internacional da Foxconn. Ainda de acordo com o executivo, a Foxconn poderá investir entre US$ 3 milhões e US$ 7 milhões na planta para fabricação de telas. “O montante do investimento vai depender da sofisticação e do perfil da planta a ser instalada”, pontua.



4 comentários em iPad produzido no Brasil ainda este ano

  1. zklaurentino

    Temos o maior país da América Latina e um dos grandes em desenvolvimento. Já era hora do governo incentivar “de verdade” a instalação de fábricas multinacionais no país, incrementando o intercâmbio de tecnologia e conhecimento que necessitamos para desenvolver produtos manufaturados nacionais. Chega de ser meros produtores de matéria-prima, um dia ela se esgota, e aí como ficará os futuros brasileirinhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *