Apple

Apple acusada de plagiar wi-fi sync


O wi-fi sync foi uma das novidades da apresentação da Apple que mais curiosidade suscitou. Mas um desenvolvedor acusa a empresa de Steve Jobs de lhe ter roubado a ideia. Greg Hughes diz que tentou colocar um aplicativo semelhante na App Store e que foi rejeitado. Mais um a querer ganhar à custa de um gigante? Pode não ser bem assim. Não é só a ideia que é igual. O nome é o mesmo e, pasme-se, até o logo é igual.

desenvolvedor Greg HughesO site The Register conta a história e diz que o jovem desenvolvedor está “chocado” com a atitude da Apple. Em maio do ano passado, o estudante britânico apresentou um aplicativo à App Store que o rejeitou. Um ano depois, vê a sua ideia ser apresentada como uma inovação da Apple.

E as alegações de Greg Hughes podem ser comprovadas. Após a rejeição da Apple, colocou o aplicativo à venda na Cydia Store, a loja para iPhones com o sistema operacional desbloqueado. O aplicativo foi um sucesso e apesar de custar 9,99 dólares já foi comprado mais de 50 mil vezes. “Tenho vendido o meu aplicativo há um ano, com o mesmo nome e o mesmo icon, e a Apple sabia-o, uma vez que o tinha submetido, pelo que estou muito surpreendido”.

wi-fi sync plagio[quote_right]Descubra as diferenças: um dos icons é do aplicativo de Greg Hughes, o outro é o da Apple. A azul o do jovem, a cinza o apresentado a semana passada[/quote_right]

Na altura em que submeteu o aplicativo, a Apple rejeitou-o por questões de segurança que não terá especificado. Agora, 13 meses depois, apresenta-o como tendo sido uma ideia sua. Hughes já ganhou bastante dinheiro com o seu aplicativo, mas se o mesmo tivesse sido colocado na App Store, os ganhos teriam sido consideravelmente maiores. Não se sabe se o jovem desenvolvedor vai apresentar queixa contra a Apple.

Ainda por cima, a companhia de Steve Jobs não pode afirmar desconhecimento. O Wi-fi Sync é um aplicativo que foi bastante badalado pelos sites da especialidade na altura do seu aparecimento, como o prova este vídeo do CrunchGear:


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *