Mobile

Samsung ultrapassa Nokia no mercado dos smartphones


A Samsung vai torna-se o maior fabricante de smartphones do mundo já este ano. A Nokia perde a coroa que ostenta desde 1996 e poderá terminar o ano em terceiro lugar, atrás também da Apple.

Analistas de mercado apenas divergem sobre quando a ultrapassagem será feita. o banco Nomura diz que a Samsung se vai tornar no maior fabricante de smartphones do mundo já este trimestre, enquanto a Gartner e a Canalys prevêem que a ultrapassagem se faça mais para o final do ano.

Para o resultado da Samsung conta muito a grande aceitação que o novo Galaxy SII está a ter. Só na Coreia do Sul os operadores de telecomunicações registaram a ativação de 2 milhões de unidades do novo smartphone da Samsung.

Nokia perde liderança nos smartphonesEm declarações à agência Reuters, a analista Carolina Milanesi da Gartner salienta isso mesmo, ao afirmar o grande sucesso do Galaxy SII e sublinhando que os novos aparelhos da Nokia têm de ser muito bem recebidos para a empresa finlandesa recuperar.

Mas a recuperação, a acontecer, apenas estará na mira da Nokia no próximo ano. Os smartphones com o sistema operacional/operativo da Microsoft apenas “inundarão o mercado” em 2012, apesar de já estarem a ser testados e de o seu lançamento poder acontecer no último trimestre deste ano.

A Nokia continua a fabricar mais celulares/telemóveis que a Samsung, mas a liderança no mercado dá-se apenas nos aparelhos básicos. Nos smartphones, a Samsung já ultrapassou a empresa finlandesa.

Também a Apple chegará ao final do ano a vender mais smartphones do que a Nokia, atirando a companhia finlandesa para o terceiro lugar. E mesmo este não está seguro uma vez que a HTC se aproxima rapidamente dos números da Nokia.

Na segunda-feira, um inquérito da  Kantar Worldpanel Comtech mostrou que a quota da Nokia no mercado de smartphones britânico – considerado como um indicador chave para a evolução da Europa – caiu vinte por cento num ano, passando de 31 por cento em maio do ano passado para 10,6 por cento.

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *