Apple

Steve Jobs resigna de CEO da Apple


Tim Cook nomeado CEO (atualização)

Tim Cook foi hoje confirmado como CEO da Apple, após a renúncia ontem à noite de Steve Jobs por motivos de saúde.O quadro de diretores da companhia de cupertino, realça o papel de Steve Jobs no crescimento da empresa.

“A visão e a liderança extraordinária de Steve Jobs salvou a Apple e guiou-a à sua posição actual, como a empresa de tecnologia mais inovadora e valiosa do Mundo”, disse Art Levinson, chairman da Genentech, em nome do Quadro de Directores da Apple

“Steve Jobs deu inúmeras contribuições para o sucesso da Apple, atraiu e inspirou a grande criatividade dos funcionários da Apple e da sua equipa de executivos de classe mundial. No seu novo papel como chairman, Steve Jobs vai continuar a servir a Apple com as suas sugestões, criatividade e inspiração.

“O Quadro de Administradores tem plena confiança que Tim Cook é a pessoa certa para ser o nosso próximo CEO”, acrescentou Levinson. “Os seus treze anos de serviço na Apple foram marcados por um desempenho extraordinário e Tim Cook demonstrou um talento assinalável e decisões ponderadas em tudo o que faz”

Steve Jobs resigna de CEO da Apple

Steve Jobs apresentou a sua demissão de CEO da Apple. O co-fundador da empresa tem tido grandes problemas de saúde e estava de baixa médica desde Janeiro.

Steve Jobs deixa de definir o rumo da Apple. Na carta de resignação que enviou ao conselho de administração da companhia esta quarta-feira, Jobs relembra o seu compromisso de abandonar o cargo quando sentisse que já não tinha condições de cumprir as obrigações diárias do cargo.

De acordo com o site Mashable, este é o texto completo da carta de demissão de Steve Jobs:

“CUPERTINO, Califórnia-Ao Conselho de Administração da Apple e da Comunidade Apple:

Eu sempre disse que se alguma vez chegasse um dia em que já não pudesse satisfazer meus deveres e expectativas, como CEO da Apple, seria o primeiro adizê-lo. Infelizmente, esse dia chegou.

Venho por este meio renunciar ao cargo de CEO da Apple. Gostaria de servir, se o Conselho julgar conveniente, como Presidente do Conselho, diretor e funcionário da Apple.

Quanto ao meu sucessor, recomendo fortemente que se execute o nosso plano de sucessão e nome de Tim Cook como CEO da Apple.

Acredito que os dias mais brilhantes e inovadores da Apple ainda estão para vir. E estou ansioso para assistir e contribuir para seu sucesso em um novo papel.

Fiz alguns dos melhores amigos da minha vida na Apple, e  agradeço a todos pelos muitos anos que consegui trabalhar convosco.”

Jobs deixa o cargo de presidente executivo da Apple com a empresa a respirar saúde, cotando-se como a marca mais valiosa e a companhia com mais dinheiro em caixa do mundo, e na liderança do mercado dos tablet.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *