Análise, Internet

Review: Commad & Conquer – Tiberium Alliances


Análise ao Browser Game Commad & Conquer – Tiberium Alliances

Aberto recentemente ao público, a nova versão de Command&Conquer batizada de “Tiberium Alliances” traz aos navegadores a luta de longa data entre as facções NOD (The Brotherhood of Nod) e GDI (Global Defence Initiative). O game que se tornou uma referência quando se fala em estratégia agora roda diretamente na nuvem e pode ser jogado tanto no PC quanto no celular. Desenvolvido pela Phenomic Studios, Command&Conquer: Tiberium Alliances junta-se aos demais jogos free-to-play disponíveis na Play4Free como Battlefield Heroes e Need for Speed World.

O objetivo do jogo é o mesmo que encontramos nas versões anteriores e em outros jogos de estratégia, construir uma base, coletar recursos, treinar tropas de defesa/ataque e derrotar o máximo de inimigos possíveis. Nota-se também, que um dos focos do game é o domínio territorial sendo necessário assim, ingressar em uma aliança já estabelecida. Por isso, é possível mover a base para outros pontos no mapa sempre que for necessário e ficar próximo dos outros jogadores da aliança.

O destaque mesmo fica por conta das batalhas que, ao contrário de outros Browser Games, ocorrem em tempo real e podem ser assistidas inclusive pelos membros da aliança. Tudo isso é proporcionado graças ao HTML5 que foi utilizado no desenvolvimento do jogo e ao WebGL que possibilita a renderização de gráficos em 3D.

Recursos e base

command & conquer - base

Os recursos naturais de C&C: Tiberium Alliances são utilizados para tudo, desde a construção e atualização de edifícios até o recrutamento e manutenção de tropas. Para cada nível de um edifício é necessário o uso de mais recursos, de forma que, as minas de Tiberium e de Crystals devem estar sempre no mesmo nível ou em um nível superior aos demais edifícios e com um sistema eficiente de armazenamento. Os principais recursos naturais e suas devidas utilizações são:

  • Tiberium: é o mais importante recurso do jogo. É utilizado para construção e manutenção das defesas e de edifícios como o Construction Yard ou Command Center.
  • Crystals: tem a mesma função do Tiberium, mas é utilizado no treinamento de unidades de combate como soldados, tanques de guerra e aviões.
  • Power: funciona como um complemento. É usado na atualização de quase todos os edifícios e unidades.

Existem também outros elementos que contribuem para o bom andamento do jogo como:

  • Command Points: é utilizado toda vez que o jogador ataca um inimigo e é gasto de acordo com a distância do alvo. Por ser limitado, é preciso ficar atento e planejar bem a investida para não ficar imobilizado no meio da batalha.
  • Credits e Research Points: são usados para pesquisar unidades de defesa, ataque e especiais.
  • Supply Points: ao atacar bases inimigas, o jogador ganha recompensas que vão para o inventário. Os Supply Points são gastos toda vez que se usa um item do inventário.

O jogador também pode posicionar os edifícios da maneira que bem entender. Por ser o edifício mestre, se o Construction Yard for destruído, todos os outros serão também. Portanto, é necessário posicioná-los de maneira a deixar o Construction Yard o mais protegido possível.

Ataque e defesa

Ataque Comand & Conquer

Ataque Comand & Conquer

Defesa Comand & Conquer

Defesa Comand & Conquer

O jogo tem um sistema de ataque em que existem linhas e colunas para o posicionamento das tropas. Da mesma forma funciona a defesa diferindo apenas nas unidades de combate.

  • Ataque: para criar unidades de ataque como tanques de guerra ou soldados, é preciso ter construído em sua base os edifícios Command Center e Factory. Ao aumentá-los de nível novas unidades são desbloqueadas. O hangar de ataque funciona da seguinte maneira: existem quatro Waves (linhas) e nove colunas. Ao recrutar soldados ou veículos de guerra, o jogador deve posicioná-los num ponto que achar conveniente, porém, é preciso escolher bem, pois, as unidades de uma Wave só atacam 10 segundos depois da outra. Em suma, as tropas avançam como um paredão destruindo tudo que encontram pela frente em um espaço de tempo. Alguns segundos depois, a outra linha de ataque avança e assim sucessivamente. Outro fator que chama a atenção é que as unidades de ataque não são totalmente destruídas sendo necessário apenas repará-las depois.
  • Defesa: é um ponto que deve ter especial atenção, como dito anteriormente se o Construction Yard for destruído, todos os outros edifícios serão também. Por isso, é preciso posicionar os muros e tropas de defesa de forma a proteger o Construction Yard. Além disso, é indicado manter as unidades de defesa sempre atualizadas para repelir futuros ataques.

Alianças e domínio territorial

Mapa Comand & Conquer

Mapa Comand & Conquer

Aliança Comand & Conquer

Aliança Comand & Conquer

Logo ao entrar no jogo, percebe-se que um dos grandes focos é o domínio territorial. Para isso é preciso escolher uma aliança forte e unida. Como as alianças têm determinadas cores, linhas de demarcação dividem o território e é necessário permanecer atento para não ficar para trás quando o grupo estiver se movimentando para uma das extremidades do mapa. Cada aliança pode ter o máximo de 50 integrantes que podem ser promovidos a diferentes cargos e tem acesso a um fórum exclusivo do grupo. Lá são discutidas as estratégias da aliança e dados os devidos avisos. É importante também assinar tratados de paz com outras alianças e manter-se o mais cauteloso possível nos primeiros dias de jogo.

 

Command & Conquer: Tiberium Alliances segue a mesma temática de suas versões anteriores, porém com mais mobilidade e flexibilidade. A parte gráfica e sonora do jogo é realmente um destaque se comparada a outros Browser Games, mas o ciclo e o próprio objetivo do jogo faz com que às vezes pareça monótono para alguns. Afinal, tudo se resume basicamente em construir uma base estável e atacar outros jogadores.

No entanto, quem já está acostumado a jogos do tipo e pode dedicar-se à jogatina durante meses vai achar C&C: Tiberium Alliances uma maravilha. Algumas coisas devem ser melhoradas até o fim da fase Open Beta como o suporte ao WebGL e a compatibilidade com mais navegadores. O que podemos ver, é que Command&Conquer: Tiberium Alliances é um grande passo da EA para imortalizar um dos melhores e mais clássicos jogos de estratégia já desenvolvidos.

Até logo!

Classificação TecheNet

Global
Pensamentos finais

Resolvemos atribuir 4 estrelas porque ainda se encontra na fase beta

Classificação 4

1 comentário em Review: Commad & Conquer – Tiberium Alliances

  1. Pedro Henrique

    e muito legal mas nem se compara ao verdadeiro tiberium wars eu queria saber onde eu compro o tiberium wars

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *