Apple, Mobile, Notícias

Ex-CEO da Apple refere que a empresa deve cortar nos custos.


A Apple fez da sua cadeia de distribuição um exemplo e ao mesmo tempo um caso de estudo para outras empresas. Mas, os tempos estão a mudar devido a um uso mais generalizado dos Smartphones. Uma das razões desta mudança é a existência actualmente de uma “panóplia” de dispositivos que competem com base no preço. Neste cenário Jonh Sculley acredita que a Apple deve se adaptar ao crescimento dos mercados emergentes.

John Sculley possui um curriculum onde vigora largos anos de experiência como gestor de empresas. Segundo a Wikipedia, chegou a ser presidente da Pepsi-Cola sendo responsável pelo crescimento da marca alternativa à Coca-Cola e por algumas das melhores campanhas de marketing algumas vez realizadas que tornaram a Pepsi-Cola uma marca conhecida a nível mundial.

Foi reconhecendo este trabalho que Steve Jobs convenceu John Sculley a ir para a Apple. Contudo o que no inicio parecia ser uma relação de cumplicidade, mais tarde tornou-se num conflito que como é de conhecimento geral levou a que Steve Jobs saísse da Apple e John Sculley assumi-se os destinos como CEO da Apple.

img_apple_supply_02

Apesar de actualmente o papel que John Sculley teve na Apple ser “eclipsado” pela forte capacidade de liderança e personalidade de Steve Jobs, é creditada à administração de John Sculley o facto de ter aumentado as vendas da Apple de $800 milhões de dólares para $8 biliões. Foi contudo posteriormente a incapacidade que demonstrou em manter a empresa num ritmo de crescimento que fez com que fosse mais tarde despedido da Apple.

Desde então, o tempo que John Sculley passou fora da Apple e o conjunto de startups em que se envolveu permitiu-lhe adquirir um “background” nesta área e formalizar uma opinião sobre a Apple actual posterior a Steve Jobs e face à maior competição.

E segundo o Ex-CEO da Apple, a empresa deve “adaptar-se” a um mundo onde dispositivos “low-cost” estão a ganhar tracção. O mesmo argumenta que a empresa de Cupertino deve “repensar de forma séria a sua cadeia de distribuição e principalmente a forma como deve conceber os seus produtos e torná-los mais rentáveis em relação aos smartphones de $100.

Segundo Sculley, “A diferenciação entre um Samsung Galaxy e um iPhone 5 não é tão grande como estávamos habituados a ver”, aproveitando para apelidar a Samsung como “um concorrente extraordinário.” No entanto, o ex-chefe executivo também deixou algumas palavras de elogio para o actual CEO da Apple. Para Sculley, Tim Cook é “a melhor escolha para líder”, devido à sua anterior experiência na cadeia de distribuição ser uma mais valia para a tarefa que agora ocupa.

img_apple_supply_03

Embora não o refira de forma explícita o Ex-CEO da Apple é da opinião que a Apple deve repensar os materiais que utiliza para fabricar o iPhone. Embora tenha referido recentemente que a Apple deve continuar a se diferenciar pela qualidade dos materiais.

A especulação de uso de novos materiais no seu processo de fabrico tem ganho eco nas últimas semanas. Segundo os rumores a Apple prepara um novo iPhone apontado para um segmento mais baixo do mercado. Este iPhone poderá na prática fazer a ponte entre a estrutura metálica do iPhone 5 e os materiais de plásticos usados nas anteriores gerações do iPhone 3G/3GS.

Mas… será que opinião de John Sculley está muito afastada da realidade? Lembramos as notícias que têm vindo a público do facto da Apple ter cortado nas encomendas de ecrãs/telas a fornecedores nas últimas semanas, o que originou uma menor produção do iPhone 5. No entanto, não existe um consenso nas opiniões dadas por analisatas, acerca de este facto se dever a uma procura reduzida do smartphone da Apple ou devido a uma correcção da Apple de modo a controlar dificuldades/estrangulamentos no fabrico em curso. Via Washington Post


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *