Internet, Negócios, Notícias

Google é eleita a melhor empresa para trabalhar em 2013


As grandes empresas tecnológicas são cobiçadas na busca por um emprego ideal para muitos engenheiros. Mas apesar de serem consideradas um dos pontos altos de um profissional na carreira, será que não existe diferenças entre elas? Afinal empresas como Apple, Google e Microsoft oferecem uma remuneração equivalente. Mas aparentemente existem pequenas diferenças para cativar as melhores mentes da área. Descubra as melhores empresas para trabalhar eleitas pela revista Fortune.

A conceituada revista americana de negócios Fortune, do mesmo grupo do canal CNN, elegeu as 100 empresas que considera mais atractiva para trabalhar em 2013. A lista que conta com grandes seguradoras e estúdios cinematográficos, entre outros exemplos, inclui 10 empresas do ramo tecnológico. Embora sejam apenas 10 num universo de 100 o veredicto da Fortune em relação à empresa mais atractiva para trabalhar foi para a Google.

Mas o mais interessante é que a Microsoft se encontra na lista lugar número 75 e a Apple e o Facebook dois dos grandes gigantes no ramo nem sequer aparecem na lista. Surpreendente não? Bem pelos vistos o dinheiro não é tudo para uma revista de negócios com o seu nome Fortune (fortuna). De qualquer forma e aceitando que obviamente a ausência dos dois anteriores colossos tecnológicos não é consensual, apresentamos as 10 empresas tecnológicas de entre as 100 melhores para trabalhar (por ordem com que aparecem na lista).

  • 1: Google
  • 2: SAS
  • 11: Qualcomm
  • 19: Salesforce.com
  • 22: Intuit
  • 34: Rackspace Hosting
  • 42: Cisco
  • 63: Hitachi
  • 68: Intel
  • 75: Microsoft

De entre a lista além da Google, destacam-se a Qualcomm que tem sido uma empresa bastante próspera em especial devido aos lucros que registou da venda dos seus chips para smartphones, a Cisco que é líder mundial em equipamento para redes informáticas e a Intel que juntamente com a Microsoft dispensam apresentações.

Esta lista criada pela revista Fortune, é bastante diferente de uma lista diferente lançada pela rede social LinkedIn alguns meses atrás. Nessa lista quatro das cinco melhores empresas para se trabalhar foram para o sector de tecnologia: Google, Apple, Microsoft e Facebook. De qualquer forma ambas as instituições foram unânimes em colocar a Google no primeiro lugar.

Mas o LinkedIn é uma rede social e dessa forma os seus membros tendem a ser um pouco mais entendidos em tecnologia do que os meios de “media” como a Fortune. Isto significa que têm uma ideia mais focada das companhias que pretendem concorrer. Mas em defesa da Fortune, apresentamos a justificação que a revista deu para o facto da Google conquistar o primeiro lugar:

A colosso dos serviços da Internet (Google) é coroada como a melhor das empresas para trabalhar pela quarta vez, e não apenas devido às 100.000 horas de massagens gratuitas que disponibilizou em 2012. A novidade deste ano são três centros de bem-estar e um complexo desportivo de sete hectares, que inclui uma pista de hóquei em patins, campos de basquetebol, boccia, “Shuffle ball”, e poços para o jogo da ferradura.

img_top100_fortune_02a

Por outras palavras, o que conta para os critérios da Fortune é a riqueza de serviços oferecidos para os colaboradores da empresa no local de trabalho, com base no que dispõe. Já há algum tempo que é do domínio público o conjunto de recursos que a Google tem e incluem, uma vasta quantidade de cantinas de elevada qualidade (um exemplo é apresentado na imagem anterior), salões de diversões/jogos, salas de cinema, entre outros luxos exclusivos para os seus colaboradores.

Contabilizando todos estes recursos não admira que a Google ganhe novamente este título. Afinal, poucas empresas têm uma cultura de fidelização igual à da Google. Arriscamos a referir que talvez tenha sido uma cultura que a empresa pelo menos reinventou. Via Fortune


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *