Fedora-19-Mate-Beta-1 Sistemas Operativos, Tutoriais

Tutorial Fedora 19 Mate 19 beta 1


Fedora 19 com a interface Mate 19 beta 1 , com ainda mais de 6 meses pela frente até que a versão final veja a luz do dia, a Fedora apresenta-se nesta interface  muito limpa e muito poupada nos recursos consumidos quer no que respeita ao CPU quer na Ram, o que coloca esta distribuição como sendo a indicada para PCs já com algum tempo e que possam estar provavelmente arrumados no vosso sotão , cave ou garagem .


Embora eu considere que esta é umas das melhores interfaces do Mundo Linux, há que dizer que quem aproveitou mais esta interface Mate foi a equipe que produz a Mint Mate tornando-a moderna e sem prejuizo da leveza que a caracteriza.

Na versão 19 da Fedora temos o ambiente clássico da antiga Gnome 2.3, a usabilidade é muito intuitiva e responsiva.

Quando o SO arranca a Ram consumida não ultrapassa os 300MB, mesmo depois de uma utilização  com vários programas abertos a Ram consumida é sempre baixa como demonstro no vídeo.

Tenho de dizer que apesar do seu aspecto já não disfarçar o peso dos anos, num ambiente de produção é uma interface extremamente agil e versátil, com 4 ambientes virtuais definidos por defeito  não é difícil não poluirmos o nosso ambiente de trabalho.

Ainda notei alguns bugs nesta versão beta 1 que espero sejam todos corrigidos com o tempo todo que ainda resta para o seu amadurecimento, lembro que a Fedora nos últimos lançamentos é conhecida por não cumprir os prazos a que se propõe, provavelmente esta versão 19 não deverá ser excepção.

Gostei particularmente do YUM extender que facilita muito o utilizador a fazer os seus updates e manter o seu sistema sempre actualizado, com pouco software instalado de raiz este pode eventualmente ser um problema para quem queira escolher esta distribuição e que esteja a entrar no Mundo Linux.

Vamos acompanhar o desenvolvimento desta versão 19 e sempre que se justificar faremos novo vídeo aqui no TECH&NET, o seu sítio na WEB aonde as tecnologias são todas tratadas com isenção .


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *