ubuntu_edge_crowdfunding Mobile, Ubuntu

Ubuntu Edge – smartphone inovador para entusiastas de crowdfunding


Desde a introdução do Ubuntu para Smartphones e para Tablets que era apenas uma questão de tempo até a canonical chegar à produção do seu próprio dispositivo móvel. Contudo, a Canonical está interessada num nicho de consumidores de smartphones, que querem a melhor construção, conectividade, bateria e características técnicas. Qual a resposta a este nicho de mercado? O Ubuntu Edge.


A Canonical anunciou o Ubuntu Edge, um inovador Smartphone para entusiastas das melhores especificações técnicas do mercado. Contudo, como pretende apelar a um nicho de mercado, a empresa de Mark Shuttleworth, não pretende optar pelas vias tradicionais, isto é: estabelecer uma parceria com um fabricante OEM que depois irá escolher que características o Ubuntu Edge vai ter.

Em vez disso a Canonical pretende desenhar o Smartphone, e determinar todas as suas características (no fundo desenhar o conceito), e posteriormente concessionar o seu fabrico em larga escala a uma marca com mais experiência. Para já, não se sabe quem será efectivamente o fabricante, mas o que se sabe é que todo o projecto será patrocinado por Crowdfunding.

O que é “Crowdfunding”?

Crowdfunding é uma nova abordagem para o financiamento de ideias de negócio ou projecto inovadoras, que pretende contornar a dificuldade tradicional de angariar patrocínios individuais provenientes de grandes grupos económicos. O próprio termo indicia a que se refere: “Crowd” + “Funding” (multidão + financiamento). É precisamente o que as duas palavras anteriores significam, o processo de financiar uma ideia ou projecto inovador, através de financiamento directo das pessoas.

Objectivo do Crowdfunding para o Ubuntu Edge.

Numa jogada bastante arriscada (e ao mesmo tempo inovadora) e bem ao estilo do que Mark Shuttleworh já nos habituou, o CEO da Canonical pretende 32 milhões de dólares para financiar a produção limitada do Ubuntu Edge (40.000 de unidades) e pretende-os num prazo de 30 dias. Trata-se do projecto de crowdfunding mais ambicioso até à data. Pelo menos é o que vai envolver mais dinheiro. Uma coisa é certa, se a Canonical conseguir chegar a este objectivo vai entrar para a história.

O que é o Ubuntu Edge?

O Ubuntu Edge é um smartphone inovador que pretende ter as especificações técnicas inovadoras e avançar ainda mais a tecnologia de ponta, actualmente existente no mercado de smartphones. Mas que características são essas? Para já começam no próprio hardware. O conceito do Ubuntu Edge envolve uma construção a alumínio texturizado, resultante de um único bloco deste material (com uma clara inspiração no método de fabrico da HTC). O ecrã/tela também é especial. Em vez de apostar na maior resolução possível, Shuttleworth enumerou que deve reunir as propriedades necessárias para atingir o melhor equilíbrio entre resolução, ângulo de visão e fidelidade de cores. Mas o ecrã/tela não se fica por aqui. Em vez de o Ubuntu edge incluir um ecrã de vidro que por mais forte que seja, mais cedo ou mais tarde os riscos aparecem, vai trazer um ecrã à base de cristais de safira.

ubuntu_edge_crowdfunding_03

A nível de performance, o novo dispositivo pretende rivalizar os smartphones mais potentes da actualidade. Por essa razão o compromisso da Canonical é que se o projecto for aprovado, o Ubuntu Edge vai incluir o processador Quad-Core mais rápido da actualidade e este seja acompanhado por uns estonteantes 4GB de RAM e uns não menos impressionantes 128 GB de armazenamento interna.

A Bateria também pretende trazer novidades neste aspecto. Será composta por uma tecnologia denominada de silicon anode. Esta tecnologia permite dotar qualquer bateria de uma autonomia até 10 vezes superior de uma bateria normal de lithium.

No campo da conectividade poderá encontrar além do tradicional conector HDMI para ligar o Ubuntu EDGE à sua
televisão uma característica que torna este smartphone absolutamente universal. O Edge incorpora duas antenas LTE de modo a suportar o standard 4G americano e europeu. Isto significa que não vai ter quebras de ligação nem complicações de roaming com este surpreendente smartphone.

ubuntu_edge_crowdfunding_02

Ao nível do Software chega outra surpresa. Seria de esperar que este Smartphone trouxesse apenas suporte para o Ubuntu para Smartphone. Mas Shuttleworth de forma hábil, anunciou que o Ubuntu Edge também vai suportar o Android. No fundo ambos vão vir instalados e o utilizador poderá seleccionar entre eles em regime de Dual-boot. Deste modo os possuidores do Edge, não vão necessitar de prescindir das aplicações que mais estão habituados no Android. Ao mesmo tempo vão ter a certeza que as últimas actualizações do jovem sistema operativo da Canonical vão chegar ao seu “superphone”.

Outro dos factores diferenciadores deste telemóve,l será o facto de permitir a ligação a um acessório (dock) ligado a um monitor, que irá permitir mudar para versão completa do Ubuntu no Monitor. Já nos tínhamos referimos anteriormente a esta tecnologia, que infelizmente a Motorola acabou por abandonar. Mas felizmente a Canonical continua esta ideia, e na prática será uma funcionalidade que agrada não só a entusiastas, mas também a executivos que viajem regularmente e não queiram levar às costas o seu computador. De forma resumida, o Ubuntu Edge tem todas as características de um computador actual e capaz.

Não está ainda convencido? Então dê uma espreitadela nas características do Ubuntu Edge:

  • Dual boot Ubuntu mobile OS e Android
  • Integração completa do Ubuntu desktop para PC (quando ligado a uma dock)
  • Processador multi-core mais rápido até à data, 4GB RAM, 128GB storage
  • Ecrã/Tela 4.5 polegadas HD (1,280 x 720) construído à base de cristal de safira
  • câmara 8MP optimizada para baixas condições de luminusidade, câmara frontal 2 MP
  • Dual-LTE, dual-band 802.11n Wi-Fi, Bluetooth 4, NFC
  • GPS, accelerómetro, giroscópio, sensor proximidade, compasso, barómetro
  • Altifalantes stereo com suporte para reprodução HD , duplo microfone, cancelamento activo de ruído.
  • Conector MHL, conector 3.5mm jack
  • Bateria Silicon-anode Li-Ion
  • Dimensões – 64 x 9 x 124mm

Desafios para o Ubuntu Edge

Mas quais serão os desafios do Ubuntu Edge? Em primeiro lugar a plataforma de crowdfunding. O formato de funcionamento da plataforma indiegogo, implica que se o valor para a recolha de fundos não for cumprido (nem que seja por 1 dólar) o dinheiro será todo perdido. Isto impede portanto à canonical poder continuar com o projecto (caso deseje) se por exemplo chegar aos 30 milhões de dólares (neste caso faltariam 2 milhões).

Outros dos desafios, é se será mesmo viável um valor destes alguma vez ser atingido. Afinal a Canonical pretende angariar 32 milhões de dólares em 30 dias. Isto significa que num espaço de um mês precisa de em média angariar mais de 1 milhão de dólares por dia. Não se adivinha uma tarefa fácil, em especial devido à Canonical ter andado ultimamente a desagradar à comunidade devido a algumas decisões que tem tomado (em especial a criação do Mir). Contudo, acreditamos ser possível já que junto dos média o Ubuntu é considerado a “menina bonita” do software livre. Além disso poucas horas depois do anúncio e na altura de escrita deste artigo, o valor angariado já está em mais de 1.3 milhões de dólares (em cerca de 6 horas).

Como pode obter o Ubuntu Edge?

Para participar neste esforço comunitário de investimento no Ubuntu Edge, vai ter que desembolsar um preço introdutório de 600 dólares (455 euros e 1340 reais), apenas até ao dia 23 de Julho. Após este período o valor mínimo para ter acesso a uma Ubuntu Edge será de 830 dólares (630 euros e 1853 reais). Se mesmo depois de ver o preço ficou convencido não o vamos fazer perder mais tempo. Pode se dirigir ao link do indiegogo e reservar a sua unidade (necessita de pagar já) e ajudar a concretizar este novo projecto inovador da Canonical.

Fique por final com o vídeo de apresentação deste novo projecto por parte da Canonical, pelas mãos de Mark Shuttleworth.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *