ipad vende menos Mobile

Vendas do iPad em queda mas iPhone continua em grande


A Apple anunciou ontem os resultados do trimestre. A empresa continua a gerar lucros de valores impressionantes mas constata que a venda de iPads começa a declinar, não tendo ultrapassado os 14,6 milhões de unidades. Para os lucros de 6,9 bilhões (mil milhões) de dólares de lucros muito contribuiu a perfomance dos iPhone. Os smartphones da marca de Cupertino alcançaram vendas da ordem dos 31,2 milhões de unidades, mais 20 por cento do que o ano passado.


As campaínhas devem estar a soar no quartel-geral da Apple. A venda de iPads continua em declínio acentuado. Depois de ter vendido 19,2 milhões de unidades no trimestre anterior, o tablet da Apple apenas vendeu 14,6 milhões nestes últimos três meses. A queda é acentuada e pode justificar-se com o aumento da qualidade dos produtos da concorrência. Há cada vez melhores tablets Android e com preços competitivos, a que se juntam os Kindle.

O mercado dos tablet à escala mundial continua a crescer a um ritmo muito grande e era já esperado que a Apple perdesse quota de mercado, mas a diminuição do número de unidades vendidas é uma novidade. O que os analistas apontavam é para uma diminuição do peso relativo da marca no segmento mas para um aumento do número de iPads vendidos. Não é o que está a acontecer e este é um caso que deve estar a deixar preocupados os estrategas da companhia.

Já relativamente aos iPhone as notícias são boas. O iPhone 5 é o mais bem sucedido de sempre e vendeu 31,2 milhões de unidades em três meses mantendo-se firme como um dos grandes competidores do difícil mercado dos smartphones.

Sem grandes surpresas é o anúncio da estagnação da venda dos Mac. Os computadores pessoais da Apple venderam 3,8 milhões de unidades, menos 200 mil do que no trimestre anterior. Já a linha iPod continua em declínio, com uma diminuição de vendas de 19 por cento neste trimestre em relação ao anterior e 32 por cento relativamente a igual período do ano passado.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *