iphone5_ios7 Mobile

iOS 7: Primeiras impressões



A Apple liberou ontem o seu novo sistema operativo/operacional para dispositivos móveis, o iOS 7. Aqui no TecheNet já fizemos a atualização de software e estamos com um sorriso nos lábios: a empresa de Cupertino parece ter acertado na mosca!

Independente de uma análise mais cuidada, as primeiras impressões sobre o novíssimo iOS 7 são muito positivas. Design, funcionalidade e experiência do usuário são o grande trunfo desta nova versão do iOS; de tal forma que parece estarmos perante um sistema totalmente novo mas com a vantagem de não nos sentirmos perdidos. E há ainda a câmera, que já era um dos pontos fortes da Apple mas que agora aparece renovada.

O design

É no design que imediatamente sentimos estarmos perante um produto novo. O anterior tinha sido lançado em 2007 e o peso dos anos já se fazia sentir. O iOS 7 tem um desenho muito mais minimalista, com os ícones bem maiores do que anteriormente e todos redesenhados. Até conseguir aquela conjugação de cores entre fundos e ícones há que fazer várias tentativas. É que todos os ícones estão mais coloridos e encontrar o equilíbrio leva algum tempo, principalmente por causa da caixa dos grupos de apps. Mas não é nada que não se resolva e até pode ser divertido.

Funcionalidade

Depois de vermos um smartphone mais bonito, chega a vez de nos apercebermos da funcionalidade. E logo de início, percebemos que o iOS 7 dá uma goleada no anterior sistema operativo/operacional da marca de Cupertino. Basta falarmos de dois pontos: multitarefa e central de controlo.

Comecemos pelo último: a central de controlo demorou a chegar aos dispositivos da Apple, mas veio em força. Deslizando o dedo a partir de baixo, o usuário tem agora imediato controlo sobre as funções principais do smartphone.

Com apenas um toque é possível controlarmos o modo de voo, wifi, bluetooht, os avisos ou o giroscópio. Passamos ainda a aceder ao volume e ao controlo de reprodução audio, bem como ao brilho do ecrã/tela. Há ainda quatro funções a que se acede desde a central de controlo: São elas a câmera, calculadora, o relógio e suas funções e a lanterna – que a partir de agora deixa de necessitar de uma app.

E depois vem a multitarefa a que se acede premindo duas vezes consecutivas o botão de início e que assim resolve aquele que era um dos maiores problemas dos iPhone e iPad. Agora é possível retomar uma app no exato local onde tínhamos ficado, sem que a mesma volte a reiniciar. É aqui também que é possível parar uma app que tenha bloqueado.

Se isto tudo lhe parece familiar tem toda a razão. O iOS 7 está “mais Android” e isso é uma boa notícia para os usuários.

Experiência

Com um novo design e novas funcionalidades, é evidente que a experiência do usuário sai bastante reforçada. É evidente que o iOS 7 não tem o grau de customização possibilitado pelo Android, mas quando pela primeira vez com ele começamos a trabalhar parece estarmos perante um novo smartphone.

O painel de controlo vem dar outra dimensão à rapidez de execução de tarefas e depois é nos pequenos detalhes que vemos a diferença. Como acontece no Safari, onde as várias abas abertas aparecem com tridimensionalidade vertical, o que torna mais fácil a navegação. Parece coisa pouca, mas não é.

E depois há o spotlight – o sistema da marca de pesquisa dentro do dispositivo. Antes fazia-se um gesto para a esquerda e ele ocupava todo o ecrã/tela. Agora faz-se um gesto para baixo em qualquer ponto da tela e a caixa de pesquisa aparece apenas em cima. Este gesto requer alguma habituação, uma vez que é igual ao da central de notificações. Só que a esta última se acede a partir do topo da tela e para se ir para o spotlight tem de se fazer o gesto em qualquer outro local do ecrã.

Mas não há bela sem senão e prepare-se para um maior consumo da bateria. É verdade que fizemos uma utilização bastante intensa do smartphone, mas em apenas três horas a bateria foi praticamente abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

A câmara

Outra grande inovação imediatamente identificada prende-se com a câmara, que ganha novas funcionalidades e uma maior facilidade de utilização. Desde logo há um conjunto de nove filtros que podem ser utilizados na hora de se tirar a fotografia. Eles aparecem em simultâneo, o que permite ao usuário escolher aquele que lhe parece criar o efeito desejado.

E no iPhone 5 tem ainda a possibilidade de fazer vídeo em câmara lenta ou selecionar parte do clip que acabou de gravar para o fazer.

Depois, o botão de disparo permite escolher entre vídeo e fotografia – como já o fazia – mas inclui agora a possibilidade de se tirar uma panorâmica e uma foto quadrada. Está aqui um claro piscar de olho ao Instagram que agradeço.

Concluindo, pode-se dizer que o iOS 7 é uma aposta ganha por parte da Apple. Design moderno e mais funcionalidades que criam uma melhor experiência de utilização.

E se ainda não baixou o novo sistema operativo/operacional está na hora de o fazer. Confira se o seu dispositivo suporta o iOS 7 e faça os procedimentos básicos antes de o baixar.

Há só um conselho: coloque o smartphone ou o tablet ligado à bateria e prepare-se para algumas horas de espera. Quer o download como a instalação são bastante demorados. O melhor é tratar do processo durante a noite. Instale o iOS 7 e não se arrependerá.

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *