Mark Zuckerberg, um dos fundadores do Facebook Redes sociais

Facebook: Mark Zuckerberg não vê vantagens no botão “não gosto”



Mark Zuckerberg, um dos fundadores do Facebook, quer que os utlizadores da rede social expressem os seus sentimentos de forma fácil e rápida, mas não simpatiza com a ideia da inclusão do botão “Não gosto” (Don´t like).

Uma das caraterísticas do Facebook é a capacidade dos seus utilizadores poderem demonstrar o apreço por determinado conteúdo através de um clique no botão ”like” (gosto/curtir). No entanto, ao longo do tempo, muitos reclamam a possibilidade de demonstrar o oposto, através de um botão “don´t like”, por exemplo.

Durante uma sessão pública de perguntas e respostas, que decorreu no dia 11/12 na sede da empresa, quando questionado sobre a ausência do botão “não gosto”(não curtir),  Zuckerberg, disse o seguinte: “Nós não achamos que isso é algo benéfico para o mundo “. O CEO do Facebook não vê vantagens nesse tipo de botões, que se poderiam transformar num mecanismo de julgamento dos conteúdos publicados.

Mark Zuckerberg, um dos fundadores do FacebookMark Zuckerberg, no entanto, acha interessante a criação de outra solução que permita aos utilizadores expressar os seus sentimentos. “Estamos discutindo qual o melhor caminho para as pessoas expressarem uma vasta gama de emoções”, disse ele, citando como exemplo expressões de empatia, surpresa ou riso.

Apesar do Facebook estar a estudar outras formas para os utilizadores expressarem as suas emoções, nenhuma mudança deverá ocorrer nos tempos mais próximos. Segundo Zuckerberg, primeiro é necessário encontrar o caminho correcto, para que isso seja um força benéfica e não uma força maléfica, que possa ser negativa (e até degradante) para os conteúdos pulicados pelas pessoas.

De acordo com alguns analistas, a maior rede social do mundo – Facebook – não simpatiza com o botão “não gosto” porque essa função daria aos utilizadores uma maneira rápida e simples para criticar as mensagens (conteúdos publicados) dos anunciantes, que são a grande fonte de receita da rede social.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *