facebook-at-work-techenet-cassis Redes sociais

Facebook At Work: empresas poderão criar suas próprias redes sociais


O Facebook deu início hoje à fase de teste do Facebook At Work, juntamente com alguns parceiros. O novo recurso será semelhante ao serviço principal, com feed de notícias e grupos, mas permitirá que os utilizadores mantenham um perfil profissional separado do seu perfil pessoal. A plataforma que tem como objetivo obter uma fatia do mercado das redes sociais de negócios e competir diretamente com o Google, Microsoft e LinkedIn.

Anunciada ainda em novembro do ano passado, a nova funcionalidade inclui um feed de notícias, ferramentas para partilha de vídeos e fotografias e um sistema de mensagens instantânea. Outra sutil diferença entre as duas plataformas é que o Facebook at Work possui cores diferentes do azul que é também a imagem de marca da rede social de Marck Zuckerberg.

Em Comunicado, o Facebook garante que as contas profissionais e pessoais serão completamente separadas e que a informação partilhada no Facebook at Work não será pública. “O Facebook at Work foi criado inteiramente para uso interno numa empresa – o que significa que a informação ali partilhada é segura, confidencial e completamente separada de um perfil pessoal do Facebook. A informação partilhada entre colaboradores apenas pode ser acedida por trabalhadores da empresa”, explica o director de engenharia da rede social, Lars Rasmussen, em declaração à revista Wired.

Vale lembrar que a ferramenta ainda está em fase de testes, apenas com empresas selecionadas pela própria rede social. Ainda não foi divulgada uma data para o lançamento a nível global, nem se o serviço será pago.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *