Jogos

FIFA 16 – Ladies, let’s go!


Para os mais atentos, a referência no título poderia, de forma errada, derivar para toda uma análise sobre as letras do hit pop das Pusssycat Dolls, “Don’t Cha”. Isto, porque a franquia FIFA não tem absolutamente nada a ver com mulheres – fora as que gostem de jogar videojogos, claro. Contudo, tudo mudará na edição de 2016 do popular simulador de futebol da EA Games.

Entusiastas do futebol feminino, marquem o dia 25 de Setembro nos vossos calendários – o lançamento está marcado para essa data e, com ele, vêm 12 selecções femininas que podem jogar apenas entre si (lá se vai a possibilidade de um duelo Marta VS Messi) em modo Kick Off, Torneio Offline e Partidas Amigáveis Online.

Infelizmente, esta primeira versão não inclui as nossas miúdas no plantel restrito de 12 equipas. Brasil, Alemanha, EUA, França, Suécia, Inglaterra, Canadá, Austrália, Espanha, China, Itália e México serão assim as equipas disponíveis para todos os detentores das versões para PC, PS4, Xbox One, PS3 e Xbox 360.

No Twitter, já existem diversas vozes contra esta adição. As piadas “sexistas” são diversas:

  • A estrela da tua companhia não pode fazer o próximo jogo porque lhe veio o período;
  • A tua defesa-central estará ausente por 9-10 meses devido a gravidez;
  • Algumas jogadoras da tua equipa recusam-se a jogar porque o equipamento as faz gordas;

Apesar de não haver limites no humor, não é justo e nem sequer faz sentido nenhum gozar com a decisão da FIFA em incluir as selecções femininas. O futebol feminino tem assistido a uma evolução cada vez mais progressiva e não seria nada justo continuar a renegar esta vertente da modalidade. Da mesma forma que, há 10 anos, o FIFA Street foi criado para dar resposta aos entusiastas dos vídeos do grande Touzani (fãs do futebol, pesquisem no Youtube).

Além de que gostava de ver o pessoal que tanto reclama com o futebol feminino a jogar contra estas meninas. Eu cá, estou ansioso para experimentar esta nova versão, pelo que esperem uma análise mais pormenorizada assim que o FIFA 16 sair. Até lá, deixo-vos com alguns momentos-chave no futebol feminino (se me pusessem a jogar contra a Marta, não sei se sofria mais cuecas ou golos):


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *