Wayne Carson morre com 72 anos Arte e Cultura

Always On My Mind – Wayne Carson – Até sempre!


Wayne Carson nasceu em 1943. Aos catorze anos, pegou na sua guitarra e compôs a sua primeira canção. Em 1966, compôs Somebody Like Me, líder no Top dos Estados Unidos, interpretada por Eddy Arnold.

Filho de pais músicos, Carson tocava piano, guitarra, baixo e percussão. Compôs Always on my Mind em dez minutos, na mesa da sua cozinha. Mais tarde, o produtor Chips Moman pediu-lhe para acrescentar umas linhas: com a ajuda de Johnny Christopher e Mark James, acrescentaram nada mais que a frase: “Tell me, tell me that your sweet love hasn’t died”. Só por isso, Carson fez questão que os dois companheiros também constassem nos créditos, lembrando que “um êxito, é um êxito”.

Apesar de Always on my Mind ter sido gravada pela primeira vez em 1972, por Gwen McCrae e Brenda Lee, a sua versão mais conhecida tem a voz do “Rei da Pop”, Elvis Presley, que a tornou o seu hino pessoal para o divórcio que estava a tentar ultrapassar.

Cerca de dez anos depois, Willie Nelson levou a balada ao primeiro lugar do Billboard Charts, e em 1983, Carson conquistou dois Grammy’s: pela Canção do Ano e pela Melhor Canção Country.

A versão de Nelson tornou-se tão popular que Always in My Mind foi considerada pela Country Music Association a canção do ano em 1982 e em 1983, caso inédito na associação, que, por regra, não premiava uma canção mais do que uma vez.

A genialidade de um criativo reside não só em produzir obra no seu tempo, mas também permitir que essa obra seja adaptada a outros géneros musicais e captada por públicos de diferentes gerações. Foi o que aconteceu com Always on my Mind.

Em 1987 The Pet Shop Boy’s apresentam uma versão eletrónica, que foi a música de Natal Nº1, no Top do Reino Unido nesse ano. Mais recentemente também podemos ouvir a interpretação de Michael Buble da balada romântica e imortal.

Este não foi o único êxito que nasceu da criatividade de Carson, destacando-se temas como The Letter, para a banda rock dos anos 60, The Box Tops, mais tarde interpretada por Joe Cocker.

Carson também compôs para Conay Twitty, Beach Boys, Randy Travis, Waylon Jennings e Tina Turner.

O seu nome consta no Hall of Fame de escritores de canções de Nashville desde 1997. Partiu no dia 20 de Julho de 2015, aos 72 anos, mas a beleza da sua música ficará Always on my Mind… e na de muita gente pelo mundo fora.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *