Mobile

Fãs da Apple gastam mais em hotéis: pesquisa Trivago


Quem tem iPhone gasta mais dinheiro em alojamento do que os que usam smartphones com sistema Android, A conclusão é da Trivago e tem por base as reservas de hotéis feitas através da sua plataforma.

A Trivago, motor de busca de hoteis fundado em 2005, operando em 50 plataformas internacionais, recebe cerca de 80 milhões de visitantes todos os meses e isso permite-lhe o acesso a dados que permitem conhecer melhor, não só os seus utilizadores, como, através da triangulação de dados, obter informações de base estatística bastante interessantes.

É do senso comum que, ao adquirir um smartphone ou um tablet, a escolha entre os diferentes dispositivos e sistemas operativos é muito subjectiva. Para essa subjectividade contribuem as exigências técnicas e estéticas de cada um, para além do simbolismo social que possam associar à posse e utilização do dispositivo.

Além disso, os dispositivos iOS são todos do segmento “premium”, enquanto o universo Android está presente numa gama de equipamentos para todo o tipo de preços e “feitios”.

Isso fundamenta a diferença de preferências e padrões de consumo entre os usuários iOS (Apple) e os utilizadores do sistema Android (Google) que foi encontrada pela Trivago.

O estudo revela que os fãs da Apple gastam em média mais 22% na estadia do hotel – cerca de 94€ por noite. Já os utilizadores do sistema Android, parecem não ir além dos 77€.

DiferencasPreco

Em relação às comodidades, também os utilizadores iOS são quem mais procura hotéis de cinco estrelas (20%, contra 13% Android), já os hotéis com uma, duas ou três estrelas são mais populares para os utilizadores Android (41%, contra 31% do iOS).

DiferencasEstrelas

Numa análise prudente destes resultados, se não temos informação suficiente para concluir que os utilizadores do sistema iOS são efectivamente e na generalidade mais “gastadores”, pelo menos, podemos afirmar que aparentam ter maior poder de compra, ou mais elevados padrões de consumo no que respeita a acomodação em unidades hoteleiras.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *