Porsche Android Auto Google Notícias

A Porsche não confia no Android Auto


A Porsche é responsável pela criação de alguns dos melhores carros do mundo e uma das grandes razões é o grande conforto oferecido aos seus condutores. Quando se compra um Porsche, não obtemos apenas um carro desportivo de grande potência, mas também todas as funcionalidades que um condutor pode desejar no seu interior. Contudo, a Porsche não irá incluir o Android Auto nos seus novos 911 Carrera e 911 Carrera S porque a Google requer acesso a demasiadas informações.

De acordo com a Porsche, a Google quer ter acesso a praticamente todo o tipo de informação, incluindo a velocidade a que o veículo se encontra, posição do acelerador, rotações do motor, temperatura do óleo, entre outras. A Porsche já incluiu no passado o CarPlay da Apple nos seus carros e referiu ainda que a Apple requer o acesso a muito menos informação, sendo que na sua essência apenas deseja saber se o utilizador está a utilizar o CarPlay enquanto o carro se encontra em movimento.

A representante da Google no que respeita ao Android Auto – Liz Markman – afirmou à Motor Trend que o Android Auto não recolhe todo o tipo de informação listada pela Porsche. De acordo com Markman, não são recolhidas quaisquer tipo de informações relacionadas com a posição do acelerador ou temperatura do óleo. No entanto, a representante da Google não foi capaz de fornecer a lista completa de informação recolhida pelo Android Auto, apenas revelando que todas as informações recolhidas são com o consentimento do condutor e que poderá sempre desactivar o fornecimento de informação.

android_auto_sample_directions (1)

Fonte: Motor Trend

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *