Surface-Book-tablet-and-laptop Tecnologia

Olá Microsoft: quero um Surface Book para o Natal


Aqui no TecheNet não costumamos ser tão peremptórios nos títulos, mas o Surface Book agora apresentado pela Microsoft tem tudo aquilo que julgamos que um laptop deve ter: um excelente design aliado a uma performance e a inovação no segmento que o torna uma verdadeira ferramenta para todo o tipo de trabalhos e uma portabilidade que faz dele um tablet superturbinado.

O anúncio do Surface Book acabou por surpreender os analistas. Falava-se da nova gama Lumia e do novo tablet da gama Surface Pro e tudo isso aconteceu, mas a Microsoft surpreendeu ao mostrar ao mundo aquele que pode vir a ser um marco na história da companhia fundada por Bill Gates e tornar-se num padrão que as outras marcas terão de “copiar”.

É um laptop mas também é um tablet. É possível retirar o ecrã, mas também se pode rodá-lo 180 graus para trabalhar directamente no ecrã, mesmo apoiando a mão para uma posição de escrita e desenho normal.

microsoft-surface-book

 

 

E mesmo aqueles que são fãs indectíveis da Apple, devem olhar com atenção para a novidade da Microsoft, que se apresenta como o mais sério concorrente ao MacBook Pro, que era tido até agora como o laptop de topo para profissionais exigentes. É que o Surface Book é não apenas cuidado no design como consegue ser – afirma Panos Panay, vice-presidente da Microsoft para o projecto Surface – duas vezes mais rápido que o MacBook Pro. “Este é o laptop de 13 polegadas mais rápido de sempre”.

Surface-Book-open-and-closed

 

 

 

E ao poder transformar-se num tablet, o Surface Book descarta totalmente a possibilidade de ser apelidado de clone do MacBook Pro. Esta potencialidade não é única, mas o novo laptop da Microsoft inova com o Dynamic Fulcrum Hinge (DFH) ou, em português a dobradiça dinâmica Fulcrum. Este é a next big thing que a Microsoft incorpora e que torna o Surface Book único. A dobradiça estende e encolhe, permitindo que o novo produto seja fino (312.3mm x 232.1mm x 13.0 – 22.8mm) e totalmente flexível.

 

E de série, o Surface Book traz a Surface Pen, que combina 1024 níveis de pressão com baixa latência que permitem uma sensação o mais parecida com a escrita ou desenho em papel. E, claro, a tecnologia Palm Block que permite que pousemos a mão no ecrã de 3000 x 2000 pixel enquanto escrevemos.

Surface-Book

É claro que não há almoços grátis e o Surface Book tem um preço puxado, mas dentro dos valores da sua concorrência directa. O preço base é de 1.499 dólares para a máquina com 128 gigas de capacidade, processador Core Intel i5 e 8 GB de Ram, mas os valores podem chegar aos 2.099 dólares pelo Surface Book mais potente, com 256GB / Core Intel i7 e 8GB / dGPU

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *