Samsung Gear VR Grátis Jogos

40 por cento dos gamers querem óculos de realidade virtual em 2017


Tem havido muitas especulações sobre o futuro dos óculos de realidade virtual (VR), com vários analistas a considerarem que ainda não será agora que o gadget alcançará números expressivos de vendas. Mas uma sondagem efetuada nos Estados Unidos mostra que 2017 pode ser o ano destes gadgets. A Entertainment Software Association fez uma sondagem que mostra que 40 por cento dos gamers pretende comprar uns óculos VR já no próximo ano.

A sondagem mostra que quase metade dos gamers mais frequentes tem a intenção de comprar óculos de realidade virtual já no próximo ano. A confirmar-se a afirmação, este será o ano do salto de um gadget que outros analistas estimam possa valor 30 mil milhões de dólares no mercado em 2020.

De acordo com a sondagem realizada pela Entertainment Software Association (ESA) 55 por cento dos gamers frequentes estão familiarizados com os óculos VR e destes, 58 por cento afirmam que querem jogar com o gadget.

De acordo com a ESA, 58 por cento dos lares norte-americanos tem 1,7 por cento de gamers – definido como alguém que passa pelo menos três horas por dia a jogar e que 65 por cento das casas têm pelo menos um dispositivo utilizado para jogos, mas como apenas 48 por cento dos lares norte-americanos tem uma consola, a maioria utiliza os seus computadores e smartphones para fins mais lúdicos.

Outro dado interessante disponibilizado pela pesquisa da ESA é o perfil dos gamers norte-americanos. De acordo com a sondagem publicada pelo site VB, a idade média dos gamers é de 35 anos, sendo que a maioria começou a jogar com 13 anos. Há diferenças quanto aos perfis masculino e feminino, com a idade média das gamers a ser de 44 anos e dos gamers de 35 anos. Já quanto ao sexo, aí há empate, com 50 por cento para cada lado.

Já relativamente aos jogos, os shooters são a categoria mais procurada, ocupando a primeira posição com 24,,5 por cento das preferências. Em segundo lugar, com 22,9 por cento, estão os jogos de ação. O pódium é fechado com os jogos de desportos que conquistam 13,2 por cento do mercado.

Fonte: VB