cionet600x350 Notícias

CIONET dá a conhecer as 9 tendências que irão ditar a agenda dos CIO, CMO e CFO


A CIONET identificou as nove tendências estratégicas que deverão estar na agenda dos CIO, CMO e CFO em 2017. As tendências em questão foram divididas em três grupos: tendências tech (CIOs), tendências de marketing (CMOs) e tendências finance (CFOs).

As nove tendências tecnológicas estratégicas apresentadas pela CIONET são as que foram identificadas com o maior potencial disruptivo, capacidade crescimento e maior nível de volatilidade. Os líderes de inovação deverão estar preparados para os impactos destas tendências disruptivas nas pessoas, negócios e departamentos de IT e saber responder a estes desafios com vantagens competitivas.

3 tendências tech (CIOs):
1- Inteligência artificial e machine learning
2- Adaptative Security Architecture
3- Mesh app and service architecture

3 tendências marketing (CMOs):

1- Realidade Aumentada / Realidade Virtual
2- Conversational Systems
3- Physical-Digital Integrations

3 tendências marketing (CMOs):
1- Blockchain
2- Fintech
3- Machine Learning

As tendências acima enumeradas estão distribuídas nestes três grupos, segundo um critério de relevância para cada interlocutor (CIO, CMO e CFO), não podendo ser vistas de forma isolada. Todas as tecnologias mencionadas pressupõem um nível de maturidade digital elevado, ou seja, big data, analytics, IoT e, business automation deverão ser já dados adquiridos.

Segundo pesquisas primárias na sua rede, a CIONET concluiu que 90% do tecido empresarial português, composto essencialmente por pequenas e médias empresas, não se encontra com nível de maturidade suficiente para poder adotar as últimas tendências em tecnologias, as quais representam a maior fonte de vantagens competitivas, nomeadamente: capacidade preditiva e de gestão da complexidade, capacidade de proporcionar experiência únicas e personalizadas aos clientes e colaboradores, go-to market eficaz e rápido, marketing multichannel, entre outros.

A industria 4.0 chegou para ficar, e as organizações que não conseguirem acompanhar a onda de disrupção tecnológica, terão sérias dificuldades em manter-se no mercado e corresponder às exigência de uma nova era – a da industria 4.0.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *