Malwares: Conheça os principais tipos e como eles agem em nossos dispositivos Segurança

Malwares: Conheça os principais tipos e como eles agem em nossos dispositivos


O termo malware vem da combinação das palavras malicious e software, e ele designa, justamente, todos os softwares com fins maliciosos, que através de suas ações podem causar diversos prejuízos.

Saber como eles agem nos computadores é essencial para se prevenir desse mal, por isso vamos apresentar as principais ações dos malwares mais comuns atualmente, confira.

malware

Vírus: assim como os vírus biológicos, os vírus virtuais, além de infectar um computador, têm a capacidade de se espalhar por outras máquinas. Para isso eles geralmente utilizam a internet ou redes de computadores.

Worm: explorando falhas em programas e no sistema operacional, o worm opera de maneira silenciosa, infectando a máquina e se espalhando por outros computadores, assim como o vírus.

Spyware: são programas que espionam um computador para obter informações pessoais – desde hábitos de navegação até senhas e dados bancários. O spyware, geralmente, é “embutido” em programas de procedência duvidosa.

Trojan: o famoso “Cavalo de Tróia” possibilita acesso remoto ao computador da vítima. Para ganhar acesso ao computador, o trojan engana a vítima, disfarçando-se de outro programa ou arquivo.

Keyloggers: a função do keylogger é capturar tudo que é digitado pelo usuário, incluindo senhas. Este é na verdade um aplicativo que acompanha outros malwares.

keylogger

Ransomware: basicamente o ransomware “sequestra” o computador, bloqueando ou limitando o acesso a arquivos, unidades ou até mesmo ao sistema inteiro e exigindo pagamentos para liberar o acesso. Os meios mais utilizados para disseminar ransomware são e-mails, redes sociais, serviços de mensagens instantâneas e sites falsos.

Rootkits: o principal diferencial deste malware é sua capacidade de se camuflar no sistema, tornando sua detecção e remoção mais complicadas.

Hijacker: esse malware pode tomar o controle de um navegador web, realizando ações sem autorização do usuário, como alterar a página inicial, instalar barras de ferramentas, bloquear páginas e exibir anúncios excessivamente, por exemplo.

A lista de malwares é longa e só tende a aumentar com o passar dos anos, por isso o usuário não deve abrir mão de segurança para seu computador e dados pessoais. A melhor solução é fazer o download de um bom antivírus, pois este programa é o único que pode garantir proteção contra malware, desde os mais simples aos mais complexos.

Você gostaria de adicionar algum malware a nossa lista? Então não deixe de compartilhar essa informação com a gente através dos comentários.

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender Antivírus Portugal para uso exclusivo do site TecheNet

Imagens: Pixabay, Gizmodo e iStock


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *