A Internet e os Jovens: Como Conversar com Eles Sobre os Riscos On-line Segurança

A Internet e os Jovens: Como Conversar com Eles Sobre os Riscos On-line


De olhos colados aos ecrãs, os jovens crescem em um mundo rodeado por novas tecnologias, conteúdo visual, redes sociais e uma forte tendência para expor mais da vida privada on-line.

Diante dessa paisagem tecnológica, pais e educadores precisam estar atentos e dispostos a ajudar os mais jovens a gerir sua relação com as tecnologias.

Pense Antes de Compartilhar

Todos devemos pensar antes de compartilhar ou publicar conteúdo on-line, e os jovens não são exceção. No entanto, esse grupo pode acabar errando por falta de informação e capacidade crítica, por isso vemos tantos adolescentes expondo comentários preconceituosos e engajando o cyberbullying.

Os responsáveis devem conversar com os mais jovens sobre direitos e cidadania, orientando inclusive sobre as consequências que comentários racistas, homofóbicos e etc. podem ter.

Outro aspecto que gera preocupação é a exposição voluntária de informações pessoais, como fotos, número de telefone, horários e até mesmo o endereço de casa. Além de orientar sobre os riscos da exposição, é recomendado que os responsáveis acompanhem o que os jovens publicam on-line.

Horários e Limites

Para crianças até 4 anos de idade, o contato com eletrônicos deve ser limitado e, se possível, evitado, para que eles não se tornem a principal oferta de recursos lúdicos.
Aos mais velhos, o ideal é dosar o uso dos eletrônicos, impondo limites para que eles desfrutem outras alternativas de lazer, como esporte ou música, por exemplo.

Especialistas recomendam que a família crie momentos em que o uso da tecnologia é proibido, inclusive pelos adultos. Refeições, atividades com os familiares e horário de descanso podem ser oportunidades para desconectar-se.

Perigos da Rede, horários e limites

Perigos da Rede

Os fatores sociais são muito debatidos em relação a segurança on-line dos jovens, mas é importante lembrar que malwares e outros perigos ocultos da internet também podem colocar os jovens em situação de risco. Por isso, é importante que os adultos eduquem os jovens para que eles saibam navegar de maneira crítica e responsável.

Os antivírus mais modernos contam com a proteção necessária para evitar malwares e outros tipos de ameaças virtuais. Além disso, muitos modelos já possuem proteção parental, uma ferramenta que ajuda os pais a monitorarem o conteúdo acessado por seus filhos. É por isso que o download de um antivírus é a melhor solução para proteger seu computador e sua família.

O que você achou deste artigo? Compartilhe com seus amigos e familiares!

Imagens: Perfil WE e ExpertBeacon.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *