garmin Notícias

Garmin regista receitas recorde no primeiro trimestre de 2018


Garmin anunciou hoje os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2018, terminado a 31 de março de 2018, que registou uma receita recorde. A empresa registou 711 milhões de dólares em receitas nos primeiros três meses deste ano, significando um crescimento de 11% face ao período homólogo do ano passado. O crescimento conjunto das áreas de outdoor, fitness, marítima e aviação foi de 18%, comparativamente ao mesmo trimestre de 2017, sendo a de outdoor a que mais cresceu face a 2017. Estas quatro áreas representaram já 80% do total de receitas. A margem bruta nos primeiros três meses do ano aumentou para 60%, valor que compara com os 58,1% verificados no mesmo trimestre do ano anterior. A margem operacional subiu para 22,2%.

Salvador Alcover, Diretor Geral da Garmin Ibéria, comentou os resultados: “Registámos uma receita recorde nestes primeiros três meses do ano, com um crescimento consolidado de dois dígitos promovido pelo forte crescimento registado nos nossos segmentos de outdoor e fitness. Os dois segmentos reportaram um sólido aumento das receitas de dois dígitos, pelo que continuamos confiantes na nossa oferta de produtos wearable. Estamos muito satisfeitos com os resultados registados no primeiro trimestre do ano e ansiosos pelo lançamento de novos produtos ao longo deste ano”.

segmento de Outdoor foi o que mais cresceu , cerca de 24%, com uma faturação de 144 milhões de dólares, graças ao contributo significativo dos equipamentos wearable da linha aventura. A margem bruta subiu para os 65% e a margem operacional manteve-se forte nos 30%, o que resultou num crescimento do lucro operacional de 27%.

No primeiro trimestre de 2018, também o segmento de Fitness registou um aumento das receitas de 20% e uma faturação de 166 milhões de dólares, promovido pelos produtos wearable mais avançados. As margens bruta e operacional aumentaram para 58% e 20%, o que resultou num igual aumento do lucro operacional de 81%. O segmento de Aviação também registou um sólido aumento das receitas de 19% e uma faturação de 145 milhões de dólares no trimestre, de acordo com a marca. As margens bruta e operacional mantiveram-se fortes nos 75% e 33%, respetivamente, o que resultou num aumento do lucro operacional de 25%. Já no segmento Marítimo as receitas cresceram 9% no trimestre em análise com uma faturação de 113 milhões de dólares, graças à recente aquisição da Navionics®. A margem bruta melhorou para os 59%, mas a margem operacional caiu para 12%. A Garmin continua focada na inovação e na conquista de quota de mercado no segmento da pesca junto à costa.

segmento Automóvel foi o que registou um decréscimo de receitas de 12% no primeiro trimestre de 2018 devido à contínua contração do mercado PND, compensada em parte pelo crescimento em categorias de nicho. As margens bruta e operacional foram de 43% e 2%, respetivamente. A Garmin está já a seguir a sua estratégia de negócio centrada na execução disciplinada de forma a, por um lado, garantir ao mercado a inovação desejada, por outro lado, otimizar a rentabilidade neste segmento.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.