Estudo Huawei: mais de metade dos portugueses evita locais mais turísticos

Estudo Huawei: mais de metade dos portugueses evita locais mais turísticos

Novo estudo Huawei revela que os portugueses desperdiçam 6 milhões de horas em filas nas suas férias para verem e fotografarem os mais icónicos monumentos turísticos

Os turistas portugueses tiram mais de 210 fotografias, em média, durante uma semana

Dois terços (66%) das fotografias tiradas em férias acabam por nunca ser utilizadas

A Huawei, líder global em telecomunicações, revela hoje que 59% das pessoas em Portugal evitam alguns dos locais mais bonitos e icónicos no estrangeiro quando estão de férias.

Estudo Huawei revelado após o lançamento do Huawei P20 Pro

Conduzido pela Huawei no seguimento do recente lançamento do Huawei P20 Pro (integra primeira câmara de lente tripla do mundo num smartphone), o estudo Huawei que contemplou mais de 1.000 pessoas revelou que a superlotação (27%), a luta para obter o ângulo certo ou iluminação ideal (19%) e a incapacidade de chegar perto (18%) foram identificados como os principais motivos pelos quais os portugueses não conseguem captar boas fotos dos monumentos turísticos mais amados na Europa.

TOP 10 DOS MAIS DESAFIANTES MONUMENTOS PARA FOTOGRAFAR EM PORTUGAL
(DE ACORDO COM OS PORTUGUESES)

  • Palácio da Pena, Sintra
  • Ponte Vasco da Gama, Lisboa
  • Quinta da Regaleira, Sintra
  • Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa
  • Palácio Nacional de Sintra
  • Ponte Dom Luis I, Porto
  • Torre dos Clérigos, Porto
  • Castelo de São Jorge, Lisboa
  • Castelo de Guimarães
  • Torre de Belém, Lisboa

Segundo o estudo Huawei, Os turistas portugueses gastam 6 milhões de horas1 numa fila, para verem e fotografarem monumentos, sendo que mais da metade (58%) está cada vez mais frustrada a tentar captar a foto perfeita das férias.

A geração mais jovem em Portugal é a faixa etária mais ansiosa no momento de captar uma foto perfeita, com 64% dos jovens entre os 18 e os 24 anos a ficarem mais ansiosos, e 1 em cada 10 (10%) a tirarem uma média de 600 fotos até captarem a melhor.

“Estamos comprometidos em identificar e minimizar as frustrações mais comuns que as pessoas enfrentam com a tecnologia”, afirma Andrew Garrihy, diretor de marketing da Huawei Western Europe. “Ao combinarmos o sistema de câmara mais avançado com a experiência de câmara mais inteligente, o Huawei P20 Pro mostra-se capaz de levar a perfeição das fotos para um smartphone, ajudando as pessoas a captarem facilmente a foto perfeita”.

Ajudada pela primeira câmara tripla Leica do mundo num smartphone e com uma lente teleobjetiva que oferece zoom híbrido de 5x, é agora possível fotografar monumentos turísticos a grande distância com uma clareza excecional, eliminando a necessidade de ter de enfrentar uma fila para o fazer.

Smartphones Huawei são os mais vendidos em Portugal e o Huawei P20 Pro é um sucessoPara além disso, o Huawei P20 Pro foi eleito “a melhor câmara num smartphone, alcançando o primeiro lugar nas classificações de fotografia e vídeo” pelo DxOMark, disponibilizando ainda o poder da inteligência artificial (AI) para ajustar automaticamente configurações da câmara de forma a tirar partido das funcionalidades certas, no momento certo, permitindo aos turistas captar a foto perfeita à primeira, mesmo com luminosidade extremamente reduzida.

Estudo Huawwei revela que a Superlotação está em Ascensão

Em consonância com a crescente popularidade dos city breaks Europeus, os pontos turísticos mais famosos enfrentam hoje uma forte afluência, com 74% dos turistas portugueses a sentirem que os monumentos mais populares estão superlotados.

Esse aspeto problemático é replicado em todos os países considerados no estudo, com 83% do total de entrevistados em toda a Europa, a considerar que muitos pontos turísticos obrigatórios estão lotados.

A situação parece piorar, com o número de visitantes a crescer anualmente. França, o país mais visitado do mundo, atraiu 82 milhões de turistas em 2016, Espanha recebeu 76 milhões e Itália recebeu 53 milhões1.

Estudo Huawei: Turistas em Apuros

O estudo Huawei também revelou os dez pontos turísticos mais frustrantes para fotografar em dez países, tais como o Reino Unido, França, Espanha, Alemanha e Itália, entre outros.

Os inquiridos de toda a Europa votaram nos Penhascos de Moher, na Irlanda, como os mais difíceis de fotografar (18%), seguido do Matterhorn nos Alpes suíços (12%) e a obra-prima de Gaudí, Sagrada Família, em Barcelona, em terceiro (8%).

Quando se trata de fotografar monumentos locais e olhando para o nosso país, o estudo revela que quase 1 em cada 5 pessoas em Portugal ficam exasperadas pelo Palácio da Pena em Sintra (17%), seguido de perto pela Ponte Vasco da Gama em Lisboa (15%) e Quinta de Regaleira em Sintra (15%).

*Este estudo Huawei independente foi realizado pela Lightspeed Research, que entrevistou 1000 consumidores locais representativos de 10 países Europeus entre os dias 14 e 15 de maio de 2018.

**Este artigo foi escrito no smartphone Samsung Galaxy Note 8

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Jorge Montez.. O design é uma das suas paixões, tendo criado o estúdio Parapluie que desenvolve trabalhos de webdesign e design gráfico para os mercados brasileiro e português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.