Huawei quer tornar-se a maior fabricante do mundo já em 2019

Huawei ZTE US

Não há margem para dúvidas que a Huawei tem tido um percurso brilhante no que respeita ao seu crescimento e popularidade no mundo dos smartphones durante os últimos anos.

Com os mais recentes feitos da fabricante durante 2018, o CEO da Huawei acredita mesmo que é possível que consigam destronar a Samsung já em 2019, tornando-se a maior fabricante de smartphones do mundo.

Já viste? 5 Promoções de smartphones que não vais querer perder!

Relembro que com os resultados do segundo trimestre deste ano ficámos a saber que a fabricante chinesa conseguiu relegar a Apple para a terceira posição do ranking, assumindo assim a perseguição à Samsung.

A quebra sucessiva de recordes vem confirmar que todos os planos estratégicos da fabricante estão a resultar às mil maravilhas, vendo aumentos surpreendentes no número de vendas que ultrapassam até as suas expectativas.



A Huawei tinha expectativas de conseguir vender cerca de 180 milhões de unidades durante 2018, mas uma vez que já conseguiram vender mais de 95 milhões de smartphones na primeira metade do ano, ajustaram as suas expectativas para os 200 milhões.

Este parece um valor bastante realista, considerando a grande popularidade dos seus actuais topo de gama e do grande sucesso da linha de smartphones da Honor. Ainda mais, não nos podemos esquecer que ainda vão anunciar (em breve) três novos smartphones Huawei Mate 20.

Huawei P20 Pro - Techenet

» Campanha de regresso às aulas da GearBest com descontos incríveis em dezenas de gadgets! «

O CEO da Huawei, Richard Yu, afirma que os fantásticos resultados apresentados até agora em 2018 devem-se em grande parte ao sucesso conseguido nos vários mercados europeus e na Chima, onde a fabricante viu um aumento de 37% quando comparado com 2017.

Mas não é só o rápido crescimento da Honor que tem ajudado neste grande crescimento, os actuais topo de gama da linha P20 conseguiram alcançar mais 45% de vendas do que os seus predecessores.


Um dos grandes entraves para um crescimento ainda mais significativo da Huawei é o facto da venda dos seus smartphones por operadoras estar banido nos Estados Unidos e Austrália, mas Richard Yu acredita que o grande crescimento dos restantes mercados foi o suficiente para compensar estas dificuldades.

Foi o próprio Richard Yu que afirmou ter plena confiança na continuação do crescimento e popularidade da Huawei durante 2019, não tendo qualquer problema em dizer que acredita ser bastante possível que no ultimo trimestre de 2019 a Huawei poderá tornar-se na maior fabricante do mundo, relegando a Samsung para segundo lugar.

fonte | via



Artigo anteriorPróximo artigo
frequentou a licenciatura de Desporto em Setúbal e actualmente reside em Londres. Apaixonado por novas tecnologias e fã do "pequeno" Android desde 2009. Fundador e autor do blog Androidblog.pt, criado em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *